Resumo de Qualificações Profissionais No Currículo: 5 Exemplos Vencedores

ViaFortuna - Resumo de Qualificações Profissionais No Currículo

[totalpoll id=”988761″]

O resumo de qualificações é um dos pontos do currículo responsável por mostrar ao recrutador quem é o profissional de uma forma clara na prática. 

Não deve ser ignorado na elaboração do currículo porque, em muitos casos, é nele que o leitor do documento foca para saber se o candidato deve seguir adiante no processo seletivo ou não. 

Para obter o melhor benefício deste resumo, temos dicas incríveis para oferecer a seguir.

 Continue lendo abaixo.

O que é um resumo de qualificações profissionais?

O que é um resumo de qualificações profissionais?

O resumo de qualificações é um pequeno texto de, no máximo, quatro linhas.

Ele reune os pontos fortes do profissional sobre experiências anteriores e qualificações profissionais.

Seria, em outras palavras, uma das formas do recrutador compreender quem está diante de si na entrevista sem ler o documento todo.

Este tópico é considerado, por muitos, opcional e é comum encontrar currículos sem ele. 

Contudo, ele pode ser um grande diferencial (quando bem-feito) para aumentar as chances de leitura e contratação.

Pode, portanto, ser um diferencial entre um candidato e outro no momento de escolher quais seguem para a entrevista e quais serão descartados.

Esses dois ou três parágrafos são considerados por profissionais de recursos humanos uma breve ideia do histórico profissional do candidato.

É preciso ser claro para obter a eficiência almejada. 

Ao mesmo tempo, necessita ser completo o suficiente para exibir algo muito positivo e diferencial do profissional em sua área de contratação diante dos demais.

Resumo de qualificações: Primeiro emprego

O que colocar em qualificações profissionais se nunca trabalhei?

Um profissional sem experiência no mercado de trabalho formal não significa ser um candidato não qualificado.

As empresas estão muito mais interessadas em um personagem capaz de agregar valor ao seu quadro e solucionar os problemas atuais. 

É para isso que a vaga foi aberta e, tendo experiência depois de formado ou não, ainda vale a pena escrever um resumo de qualificações.

A alternativa para candidatos sem experiência é levantar tópicos de pontos positivos ao longo de sua formação acadêmica.

Isso quer dizer um curso de formação superior ou técnico comprovando o seu conhecimento na área.

Qualquer outro curso extra, workshop ou oficia com certificado pode ser citada.

A experiência em estágio também tem sua relevância no resumo de qualificações

Ela representa a comprovação prática do candidato no mercado de trabalho, mesmo se tratando de um estágio obrigatório. 

Isso porque durante o período de experiência curricular obrigatória há o contato com o ambiente de trabalho real, com uma função empregatícia clara, hierarquia de uma empresa e situações cotidianas de trabalho.

Isso tudo é muito importante!

Podem vir ainda cursos os quais lhe diferenciam como bom profissional e um estágio em uma grande empresa.

Ter sido estagiário da Microsoft para quem almeja a área de tecnologia, por exemplo, é de suma importância em um resumo.

Importância de adicionar o resumo de qualificações e atividades profissionais ao currículo

Importância de adicionar o resumo de qualificações e atividades profissionais ao currículo

Optar por não colocar resumo de qualificações pode ser um erro segundo os recrutadores de grandes empresas.

Talvez você leia algo diferente em um site antigo ou alguém que entregou um currículo pela última vez há cerca de 10 anos.

Não leve em consideração tais fontes de opinião.

Imagine-se diante de uma pilha de 100 currículos.

Segundo o site Vagas.com, esta é a média de concorrentes para uma vaga com formação exigida.

Como filtrar?

O resumo é uma das formas porque é um texto bem pequeno

Isso diante de um documento com duas páginas de experiências, cursos e contatos significa um ganho de tempo para a filtragem.

Este parágrafo conciso também representa uma visão geral do candidato de si mesmo. 

É como responder a pergunta “fale um pouco sobre você” sem precisar estar diante do recrutador.

Você pode mostrar seus pontos fortes, fracos e qualificação antes de ser recrutado.

Desta forma, o profissional responsável por um processo seletivo já compreende se está diante de um possível candidato ou não.

E se o resumo de qualificações não tiver presente no currículo?

Aí fica para o leitor determinar se quer levar isso em consideração ou não e se está a fim de ler todo o currículo ou não.

Como montar o resumo de qualificações profissionais?
Créditos: https://www.julianastarosky.com.br/

Como montar o resumo de qualificações profissionais?

No currículo, o resumo de qualificações localiza-se na parte superior da folha, logo abaixo dos dados pessoais.

Seria a segunda informação a ser lida depois do nome completo, endereço e dados para contato.

Tente deixar o visual convidativo.

Lembre que o entrevistador lê centenas de currículos por dia, então é de bom tom atrair com o olhar.

Este pequeno texto deve apresentar a mesma formatação dos demais quanto à fonte e tamanho de letra, com espaçamento de 1,5. 

Some no máximo quatro linhas e estará de bom tamanho.

Mais do que isso: há uma enorme chance de ser ignorado.

O visual deve ser convidativo.

Inicie do macro para o micro: do tema mais amplo como a sua formação até os menores como pequenos cursos de especialização.

Atente para o uso de linguagem formal e sempre em termos da escrita padrão.

Não use gírias e nem tampouco expressões de uso coloquial.

Também não é um espaço para citações de outros autores, frases populares ou trechos de música.

Nada disso é permitido em um currículo profissional.

Quais informações devem constar no resumo de qualificações profissionais?

Tudo o que pode te diferenciar dos demais candidatos deve ser considerado para estar presente no texto de resumo de qualificações.

Se você tem doutorado em sua área de formação acadêmica, por exemplo, este, com certeza, é um ponto diferencial em relação aos demais.

Esta é a ideia principal.

Fale de sua área de atuação, formação acadêmica caso tenha e cite um ou dois cursos considerados cruciais ou diferenciais em sua área de atuação.

Se todos devem ter um curso de capacitação em específico, então esta não é uma informação diferenciada. 

Porém, se você tem mais de um idioma com fluência, isso pode ser interessante.

Citar especializações, reciclagens de conteúdo, workshops ou palestras da área só são interessantes se o tema é diferencial.

Se você fez um workshop sobre uma tecnologia nova e recém-lançada no mercado, por exemplo, este é um ponto que vale a pena.

Cursos considerados ‘obrigatórios’ e básicos para a execução da função não entram.

Um exemplo é curso de informática ou conhecimento no pacote Office, cruciais na atualidade para o mercado de trabalho.

Exemplos de resumo de qualificações profissionais

Há várias formas de iniciar um texto de resumo de qualificações.

Os exemplos abaixo podem te dar uma ideia de como construir o seu adequando às suas capacitações. São exemplos:

Exemplo 1 de resumo de qualificações profissionais

“Profissional com pós graduação na área X e com experiência de mais de cinco anos de atuação no mercado. Tenho ainda participação em palestras recentes para atualizar o conhecimento e desempenhar melhor minha função. Tenho um compromisso firmado com cada cargo ocupado de trazer melhorias com meu conhecimento”.

Exemplo 2 de resumo de qualificações

“Experiência em gerenciamento de equipe e capacidade de resolução de conflitos. Ouvir cada um dos membros do grupo de trabalho faz parte das minhas habilidades de rotina para garantir a melhor execução do projeto. Proativo, uso desafios profissionais como motivação diária e acredito em trabalho em equipe como fonte motivadora”.

Resumo de qualificações exemplo 3

“Apesar de não ter atuado em minha área de formação em caráter profissional, tive ampla experiência com o mercado por meio de estágio. O contato direto com profissionais das áreas me deixou apto para lidar com diferentes tipos de situação. Também fiz trabalho voluntário no setor para auxiliar quem pessoas em faixa financeira de risco.”

Exemplo 4

“Experiência com mais de x anos em rotinas semelhantes ao especificado na vaga tais como …(citar exemplos). Formação acadêmica profissional na área na instituição X, uma das mais conceituadas no setor, com atualizações constantes de conteúdo para me manter sempre no mercado. Tenho ainda conhecimento dos idiomas X e Y com fluência”.

Exemplo 5

“Desenvolvi mais de X projetos em minha área de especialização e acredito ser um excelente agregador de conteúdo para a empresa e experiência profissional. Tenho apreço por trabalho em equipe e gosto de ouvir opiniões almejando a pró-eficiência coletiva.”

Conclusão

O primeiro contato com o candidato costuma ser através da leitura do seu nome e do resumo de qualificações. 

Logo, falar demais sobre si mesmo não soa bem nem pessoalmente, por que seria interessante em um currículo em papel ou digital?

Pense nisso. As palavras devem ser selecionadas com sabedoria.

Evite exacerbar as informações.

Elogios a si mesmo são considerados soberba, um excesso de citações sobre si sem necessidade. 

A impressão a qual você deve passar é de um profissional qualificado e com extremo apreço ao profissionalismo, por isso, falar demais sobre si mesmo não é uma boa ideia.

O uso de mais de dois adjetivos transmite essa ideia, então os evite.

A leitura do anúncio da vaga é um grande balizador do conteúdo do resumo de qualificações.

Através da lista de pré-requisitos é possível citar no texto os seus pontos de destaque no currículo e adequar ao necessário para a empresa.

Deixa-se assim o restante do conhecimento para explanar na entrevista.

Confira neste artigo como se comportar em uma entrevista de trabalho para ter sucesso.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You May Also Like