Qual Fonte Usar No Currículo: Confira Os Exemplos E Dicas

Qual fonte usar no currículo é uma das dúvidas mais comuns quando o assunto é a elaboração deste documento, ainda mais entre os jovens.

Afinal, muitas pessoas desejam conquistar o primeiro emprego, mas não sabem como fazer um cartão de visitas.

Nesse sentido, elaboramos um artigo completo sobre o assunto!

Hoje você verá as melhores dicas para ter um currículo perfeito e conseguir a tão sonhada vaga no mercado!

Leia esse post na íntegra, anote as dicas e boa sorte!

Qual fonte usar no currículo: Destacar-se de outros candidatos

Qual fonte usar no currículo 2021?

Antes de mais nada, saiba que um currículo ideal precisa:

  • Ser bonito e organizado;
  • Bem como, ser legível.

Desse modo, é importante que as letras (a fonte) do seu currículo sejam perfeitas.

Afinal, isso garantirá que o recrutador conseguirá ler as informações.

Nesse sentido, se você não sabe qual fonte usar no currículo, siga as dicas abaixo.

Assim, veja as 5 melhores fontes escolhidas por recrutadores:

  1. Times New Roman;
  2. Calibri;
  3. Cambria;
  4. Arial;
  5. Garamond.

Ademais, há outras fontes muito bacanas, como Helvética e Didot.

Se você parar para pensar, todos esses tipos de letras têm algo em comum: a simplicidade.

Ou seja, não é necessário florear o seu currículo! Lembre-se de que nesse tipo de situação, menos é mais!

Dessa forma, a formatação de um currículo ideal é simples, direta e concisa.

Qual é a formatação de um currículo?

O ideal é que você escolha uma das fontes que citamos acima e coloque em tamanho adequado.

Em resumo, é preciso que o recrutador leia o seu documento sem “fazer força”.

Além disso, saiba que às vezes o seu currículo será o 20º que a pessoa irá ler naquele dia.

Assim, se for muito difícil e “embolado”, o recrutador não vai conseguir entender nada e deixará o seu cartão de visitas para escanteio!

Sobre as fontes que citamos anteriormente, vamos falar brevemente sobre cada uma.

Nesse sentido, veja as principais características de cada uma delas:

Times New Roman

  • Tipografia tradicional e de fácil leitura;
  • Permite que muitas informações sejam colocadas em uma única folha.

Calibri

  • Outro modelo tradicional e que não tem erro;
  • Ideal para candidatos que possuem muitas qualificações (esse tipo de letra é menor que a Arial, por exemplo).

Cambria

  • Essa fonte é sinônimo de modernidade, afinal, foi criada para ser lida com facilidade em tablets e desktops;
  • Além disso, no papel (na impressão) é fácil de ser lida.

Arial

  • Outro tipo muito tradicional e queridinha dos candidatos;
  • Contudo, é mais moderna que a Times New Roman e um pouquinho maior;
  • Nesse sentido, recomendamos esse tipo de letra para quem tem um currículo menor e sem muitas informações.

Garamond

  • Por fim, a Garamond é moderna mas nada muito expansivo;
  • Foge do clássico e formal da Times, contudo, não assusta o recrutador e é fácil de ser lida.

Qual é o tamanho da fonte padrão do Word ideal para o currículo?

Agora que você já sabe qual fonte usar no currículo, entenda melhor outras dicas que você precisa seguir.

Dentre elas, uma das mais importantes é o tamanho da fonte do seu cartão de visitas!

Nesse sentido, se você deixar as letras muito pequenas, ficará impossível ler o seu documento.

Entretanto, uma fonte muito grande atrapalha e faz parecer que você deseja “encher linguiça”.

Dessa forma, temos como regra geral o uso da fonte sempre em tamanho 11.

Assim, as letras ficam em um tamanho ideal.

Em síntese, mantenha tudo em tamanho 11 e garanta elegância e legibilidade ao seu documento!

Quais fontes e tamanhos de fonte devo evitar em meu currículo?

Sob o mesmo ponto de vista, anotamos algumas sugestões para te ajudar a montar o currículo perfeito.

Veja o que você deve evitar!

Fuja de letras maiúsculas

Se você deseja dar destaque a algum ponto do seu currículo, nada de escrever em caixa alta.

Lembre-se que o uso de letras maiúsculas sinaliza atenção e dá a impressão de que você está gritando.

Ou seja, para destacar alguma informação, use o negrito ou o sublinhado.

Cuidado com os destaque

Contudo, nada de escrever linhas inteiras sublinhadas ou em negrito.

Desse modo, indicamos que você só destaque pontos muito relevantes.

Veja um exemplo:

  • Intercâmbio para Austrália: trabalho e estudos por 6 meses na Universidade de Melbourne (2019).

Viu só? Aqui o candidato só destacou o nome da universidade.

Afinal, se trata de uma das maiores e melhores instituições de ensino do planeta.

E o itálico?

Pessoal, essa é uma dica importante que deve ser anotada!

O itálico só deve ser usado para palavras de outros idiomas (estrangeirismos). Veja um exemplo:

  • Curso de Filmaker e Videomaker na EBAC.

Ou seja, só as palavras em outros idiomas devem ser destacadas com itálico, combinado?

Nunca baixe fontes de sites

Essa dica é fundamental e tem um motivo que deve ser lembrado!

Alguns computadores e tablets podem não reconhecer a fonte que você baixou!

Desse modo, seu currículo não será lido!

Portanto, use as fontes comuns que existem no Word e faça um currículo bonito, atraente e eficaz!

E o espaçamento?

O espaçamento entre as linhas é um tema muito polêmico.

Existem pessoas que pulam muitas linhas e deixam vácuos no currículo.

Porém, há quem deixe tudo muito coladinho para economizar espaço e fazer tudo caber em uma única folha.

Todavia, ambos estão errados.

Dessa forma, indicamos que você use um único espaçamento em todo o documento.

Ou seja, o currículo deve ter espaços de 1,5.

Assim, ele fica mais bonito e organizado.

Se você tem muitas informações que precisam ser inseridas no documento, use o espaçamento 1,15 mas nunca menos que isso.

Desse modo, seu currículo terá uma aparência organizada.

Quantas páginas no máximo deve ter um currículo?

Além das dicas que já citamos até aqui, você precisa ter atenção a outros pontos!

Nesse sentido, tome muito cuidado com o tamanho do currículo!

Em síntese, recomendamos um currículo com uma página ou no máximo duas.

Vale ressaltar que:

  • O ideal é nunca ser repetitivo;
  • Nunca fale sobre vida pessoal ou coisas irrelevantes;
  • Bem como, não omita informações.

Dicas para fazer um currículo perfeito!

Estamos chegando ao fim do post de hoje!

Agora que você já sabe qual fonte usar no currículo, é bom conhecer mais detalhes sobre esse documento!

Afinal, ele é fundamental para você conseguir uma entrevista e depois, ter a vaga de emprego!

Portanto, veja dicas simples para você ter um currículo nota mil! Confira!

Coloque dados pessoais corretos

Essa dica pode parecer boba, mas muitos candidatos cometem esse erro! Isso porque há pessoas que estão há 2 ou 3 anos enviando currículos.

Desse modo, eles esquecem de atualizar a idade, o endereço e até mesmo as qualificações!

Nesse sentido, indicamos que a cada 2 meses você dê uma olhada no currículo e veja se algo mudou!

Você fez algum curso? Já fez aniversário? Assinou uma união estável ou se casou?

Lembre-se de que essas informações são relevantes e deixa claro que você é atento(a) e organizado(a)!

Exponha com clareza as suas qualidades

As soft skills são vistas com bons olhos pelas empresas!

Ou seja, você pode anotar que possui ótimas qualidades obtidas sem um diploma, tais como:

  • Autodidata;
  • Resiliente;
  • Bom controle emocional em situações de estresse.

Contudo, só escreva características que você realmente possui!

Afinal, durante a entrevista você será questionado sobre isso!

Dessa forma, perceba no que você é bom/boa e saliente isso no seu cartão de visitas!

Se qualifique mesmo sem grana

Ademais, sabemos que estamos passando por uma enorme crise financeira no Brasil.

Assim, se qualificar e estudar fica difícil, não é mesmo?

Entretanto, saiba que há plataformas com muitos cursos gratuitos e com certificado!

Dentre as principais, podemos citar:

  • Fundação Bradesco;
  • Udemy;
  • Fundação Getúlio Vargas;
  • Rock Content;
  • Sebrae.

Em síntese, você pode aprender e conseguir diplomas através do computador e/ou do celular.

Além de te ajudar a se capacitar, esse tipo de atitude é muito bem vista pelos recrutadores.

Afinal, eles entendem que você é proativo(a) e estudioso(a).

Ou seja, não fique parado(a) no tempo!

Fale outros idiomas

Sob o mesmo ponto de vista, falar inglês já é obrigatório para conquistar muitos empregos.

Assim, se você ainda não domina esse idioma, é hora de mudar isso!

Atualmente, há aplicativos e sites que te ajudam a realizar esse sonho mesmo com pouca (ou nenhuma) grana!

Existem cursos gratuitos em diferentes níveis de inglês, espanhol e outras línguas.

Ou seja: não perca a chance de conquistar um emprego em 2021 por falta de idioma no currículo, combinado?

Jamais minta!

Por fim, recomendamos que você nunca invente informações para “encher” o currículo.

Lembre-se de que os recrutadores podem ir atrás de confirmações e você passará vergonha!

Ademais, a verdade sempre garante um passo à frente e você será visto(a) com bons olhos ao se mostrar como alguém sincero(a).

Gostou do artigo sobre qual fonte usar no currículo?

Acompanhe nosso portal para sempre ter acesso a esse tipo de conteúdo!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You May Also Like