Qual a Diferença Entre Trabalho E Emprego: Descubra Aqui E Transforma Sua Carreira

Entender qual a diferença entre trabalho e emprego vai muito além de associar ambos termos ao serviço prestado de forma remunerada. Sabia que ambas palavras possuem distintos significados?

Neste post vou te mostrar que essas palavras não são sinônimos. Enquanto o trabalho está associado a realizações profissionais com objetivos e propósito, o emprego aparece no sentido de adquirir renda.

Leia este artigo e veja de que forma este conhecimento pode transformar a maneira como você lida com a sua carreira!

Diferença entre trabalho e emprego segundo Wikipedia  

De acordo com a enciclopédia livre Wikipédia, o trabalho está relacionado à economia sendo o fator de produção entre tempo, salário e eficiência.

Derivada do latim, a palavra ‘trabalho’ significa tripalium ou tripalus. Na antiguidade era  associada a uma ferramenta utilizada para imobilizar bois e também como instrumento de tortura contra escravos e presos. 

Por outro lado, o termo ‘emprego’ é a prestação de serviço e/ ou desempenho de uma função subordinada com carga horária definida em troca de salário numa relação contratual. 

Os termos empregado e empregador é quem denomina esta relação.

Na área das Ciências Humanas está relacionado ao fenômeno social, por isso não podemos limitar o trabalho somente ao esforço executado pelo ser humano e à economia. 

Logo mais você vai entender melhor sobre isso!

Trabalho 

É possível encontrar várias definições da palavra ‘trabalho’ no dicionário Michaelis

O trabalho pode ser remunerado, porém esta não é a sua principal finalidade. É um ofício no qual gera uma satisfação pessoal ao realizá-lo. Ou seja, deve haver um fator motivador e um objeto que engrandece o homem no desempenho de sua atividade profissional.

Você já se perguntou se o seu ofício gera satisfação pessoal e felicidade no desempenho das suas funções? Ou se ele é guiado somente pela obrigação do cumprimento de uma rotina cruel mediada pela satisfação financeira?

Talvez aí esteja o sentido do porquê alguns profissionais têm sucesso profissional e outros não. Já pensou sobre isso?

Emprego 

Já adiantamos que a palavra ‘emprego’ é designada a uma atividade alienada e desempenhada única e exclusivamente pela necessidade financeira, desconectado com qualquer tipo de motivação e satisfação pessoal e profissional.

É no emprego que o profissional se vê na obrigação de cumprir horários. Dentro deste contexto, é aquele típico colaborador que comemora a chegada dos feriados e das sexta-feiras e sofre com a chegada das segundas-feiras.

No dicionário Michaelis, o termo ‘emprego’ significa “trabalho ou ocupação que se realiza em troca de remuneração”.

Se você não gosta do faz, carrega o peso do fardo de uma obrigação em cumprir apenas a carga horária contando os dias para que o mês termine e o salário entre na sua conta. Então é a hora de repensar a sua carreira!

Talvez este seja o resultado da estagnação da carreira de um profissional. Alguém se identifica?

Análise sociológica sobre o trabalho e emprego 

A diferença entre trabalho e emprego na sociologia se dá quando o trabalho existe como agente transformador da natureza e do ambiente que a rodeia. Este é um termo muito antigo atribuído a atividades realizadas pelos escravos, artesãos e agricultores. 

Porém ao longo dos anos deixou de ser um instrumento ligado à servidão, à moeda de troca e à economia, passando a estar relacionado com a essência do ser humano e não só da realização financeira.

O que no começo dos tempos determinava a necessidade de trabalhar para sobreviver, foi a partir da Revolução Industrial que as políticas sociais organizam as formas de trabalho criando a ideia do que hoje conhecemos por ’emprego’. 

A visão sociológica é muito ampla e requer uma pesquisa mais profunda nas questões das Ciências Humanas. 

Há uma infinidade de estudos e conhecimentos ensinados por grandes pensadores que dedicaram a sua vida a discutir este tema dentro das mais distintas formas de pensamentos. 

Este artigo não tem como objetivo uma abordagem profunda que responda qual a diferença entre emprego e trabalho na sociologia, e sim suas relações nos tempos atuais com a carreira.

Conheça a relação do trabalho e emprego com a carreira

Se você chegou até aqui, entendo que já tenha compreendido qual a diferença entre trabalho e emprego. A partir de agora, vamos relacionar estes conceitos com uma carreira profissional.

A rotina cruel de um emprego pode deixar sua vida entediante e monótona. As pessoas que apresentam insatisfação com a vida profissional nem percebem muitas vezes o quanto isto afeta a sua existência. 

Acredito que você já tenha conhecido, ou ao menos ouviu falar, de profissionais bem sucedidos em suas carreiras que largaram tudo para empreender em novos projetos com outras motivações e convicções mais autênticas. 

Nesta perspectiva, significa que quando você tem um trabalho conectado com a construção do seu propósito, consegue alcançar na sua carreira profissional a plenitude como indivíduo.

Considere o fato de um expediente durar em média 8 horas e a sua aposentadoria acontecer por volta dos 65 anos. Agora se pergunte se você quer passar grande parte da sua vida exercendo uma atividade alienada em um emprego que ocupa grande parte dela.

A partir desta reflexão é que vamos ensinar como você pode ressignificar a relação com o trabalho e descobrir a sua verdadeira vocação, ou seja, aquilo que lhe proporciona mais realização e satisfação.

Afirmo de antemão que não existem fórmulas prontas para alcançar o sucesso profissional e pessoal. Tudo inicia com a identificação das suas potencialidades como uma construção que pode levar ao crescimento da sua carreira e vida como um todo.

Aprenda a ressignificar a sua relação com o trabalho 

Depois de entender que o trabalho é o que te faz crescer pessoalmente sendo o retorno financeiro uma consequência desta atividade, aprenda em três passos como ressignificar e transformar o seu emprego em um trabalho.

1°. Autoconhecimento: 

Se pergunte: O porquê você faz o que faz? O que te motiva a seguir entregando resultados no seu cargo atual? Quais as competências e habilidades que formam o seu valor profissional?

Você é remunerado por realizar uma atividade na qual sente satisfação em fazer? Analise a sua carreira, liste suas potencialidades e descubra a relação que ela tem com o seu estilo de vida.

O caminho para a realização começa quando você identifica quem você é e quem deseja se tornar!

2°. Propósito: 

Quais são os resultados gerados com aquilo que você faz profissionalmente? Repense se a vida profissional está contribuindo para o desenvolvimento da sua carreira. 

Levantar todos os dias pela manhã para garantir um retorno financeiro faz parte da sua verdadeira vocação? Que tipo de trabalho e atividades combina com o momento atual da sua carreira? 

Reconhecer o seu atual momento, ter planejamento e visão de futuro é um dos alicerces principais para definir seu propósito e alcançar a plenitude. 

3°. Atitude:

Crescimento profissional e desenvolvimento humano acontece a partir do momento em que você identifica o seu porquê e o propósito que te move. Neste sentido, foco e persistência são essenciais para que você caminhe em direção à realização.

A adoção de uma atitude proativa é quem vai ser responsável pelo direcionamento da sua vida profissional. Sair da zona de conforto é a primeira ação que você pode fazer dentro deste contexto.

Se você está perdido, desmotivado e sem foco. Pare! Formule uma solução e mova todos os seus esforços para uma vida que te faça feliz. Que te torne mais produtivo no seu trabalho e capaz de conquistar todas as suas metas e objetivos!

E você? Tem um trabalho ou emprego? 

Mesmo depois de ter chegado até aqui você ainda não conseguiu identificar qual a diferença entre trabalho e emprego?

Entenda que o primeiro é a busca e realização da sua verdadeira vocação, enquanto o emprego é a mera realização de um ofício em prol da remuneração mensal que satisfaz as suas necessidades básicas.

Talvez só consiga entender a diferença entre trabalho e emprego após analisar se a forma em que as atividades que você desempenha te causam frustração ou satisfação.

Conclusão 

Neste artigo você descobriu qual a diferença entre trabalho e emprego e de que forma este conhecimento pode transformar a sua carreira para melhor.

Aprendeu também que a realização profissional está conectada com a vida pessoal de qualquer ser humano. Além de refletir sobre os três passos fundamentais para dar o pontapé inicial rumo a uma nova oportunidade de reescrever a sua própria história.

Chegou até aqui e identificou que você tem um emprego? Faça uma análise geral da sua vida e abandone este fardo. Não significa que amanhã você vai pedir demissão do seu emprego atual ou solicitar a troca de cargo. 

Portanto, somente depois de ter traçado um planejamento e identificado as suas potencialidades é que você será capaz de analisar se sua realidade atual está proporcionando satisfação profissional de acordo com o seu propósito.

Gostou? Leia em nosso site outros artigos que vão te ajudar no desenvolvimento da sua carreira e também reflita com esta frase do pensador Confúcio.
“Escolha um trabalho que você ame, e não terás que trabalhar um único dia em sua vida”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You May Also Like