Palavras Chaves Procuradas Pelos Recrutadores: Exemplos e 5 Dicas Para Se Destacar

Primeiramente, você sabia que conhecer quais são as palavras chaves procuradas pelos recrutadores pode te ajudar muito a conquistar um emprego?

Nesse sentido, saiba que fazer uso da ferramenta SEO pode ser um excelente diferencial para a sua carreira.

Entretanto, muitos candidatos ainda ignoram essas informações e perdem boas chances de serem convocados para uma entrevista.

Portanto, se você precisa trocar de emprego ou está em busca de uma oportunidade, leia esse post com atenção!

Confira agora as principais dicas sobre o tema e adapte o seu currículo! Tenha uma ótima leitura!

Quais são as palavras chaves mais procuradas pelos recrutadores? 

Antes de mais nada, vamos te mostrar algumas palavras chaves procuradas pelos recrutadores de diferentes áreas.

Ou seja, se você é formado em medicina ou quer ser jovem aprendiz, precisa observar com atenção essas palavras.

Afinal, elas são comprovadamente bastante procuradas pelas empresas que querem um novo colaborador.

Portanto, veja quais são elas:

1 – Voluntariado

O Guia Final: Como Colocar Trabalho Voluntário Em Seu Currículo
Ao trabalhar como voluntário, você aprenderá, antes de qualquer outra coisa, a ‘ser’ humano.

De antemão, saiba que o trabalho voluntário é sempre muito bem visto pelas empresas.

Nesse sentido, o voluntariado demonstra que você é uma pessoa proativa e que pensa nos demais.

Além disso, esse tipo de ação indica que mesmo sem ser a sua obrigação, você realiza (ou realizou) determinada tarefa pela sua comunidade, uma ONG ou até mesmo pela natureza.

Além de contribuir para o seu desenvolvimento enquanto ser humano, o trabalho voluntário coloca o indivíduo para desenvolver diversas competências.

E são essas competências que interessam para a empresa.

2 – Palavras chaves procuradas pelos recrutadores – Resolução

Uma mente de resolução de problemas é vencedora em todo o tipo de carreiras.
Uma mente de resolução de problemas é vencedora em todo o tipo de carreiras.

Ademais, mostrar que você já resolveu problemas indica que você é capaz de ver situações difíceis e encontrar soluções.

Desse modo, esse é um perfil de candidato que as empresas sonham em ter nas suas equipes de trabalho.

3 – Criação

Sob o mesmo ponto de vista, criar é algo super valorizado pelas companhias.

Nesse sentido, o verbo “criar” mostra que você é:

  • Criativo(a);
  • Proativo;
  • Autônomo;
  • Disposto a trabalhar e ter novas ideias.

4 – Alcançar

Por fim, mostre o que você já alcançou em experiências anteriores.

Em resumo, as empresas gostam muito de quem já obteve resultados positivos e alcançou metas.

Exemplos de palavras-chave para o currículo (30 exemplos dividido em diferentes áreas) 

Ademais, vamos te mostrar alguns exemplos de palavras chaves procuradas pelos recrutadores divididas por áreas.

Dessa forma, se você sonha em ter um emprego em alguma das áreas que vamos citar abaixo, não deixe de usar essas palavras chave.

Assim, veja quais são agora!

1 – T.I. – Tecnologia da Informação

Quando você começa a fazer um currículo, é comum incluir uma seção chamada “Habilidades de TI“.

Como as habilidades de informática são uma área essencial do currículo que informa que você é capaz de fazer bem em muitos tipos diferentes de empregos ou áreas.

Afinal, hoje em dia é raro que um emprego não entre em contato com a tecnologia em alguma capacidade.

Seja trabalhando com um sistema de registro, criando uma excelente folha, gráficos ou apresentações.

  1. Firewall;
  2. Redes;
  3. Cloud;
  4. Linux;
  5. Devops;
  6. Windows server;
  7. Apache.

2 – Gestão e Negócios

  • Gestão de projetos;
  • Análise de dados;
  • Gestão de produtos;
  • Marketing de vendas;
  • Análises.

3 – Marketing

Uma forma importante de marketing que pode ajudar a impulsionar seu currículo é o marketing pessoal.

O marketing pessoal envolve técnicas de marketing destinadas a promover indivíduos.

Em essência, ele visa promover uma pessoa e não uma empresa ou organização.

Em primeiro lugar, é preciso ter em mente o que você está tentando alcançar com o marketing pessoal.

Em outras palavras, por exemplo, você quer ganhar promoção?

Ou você está sendo autônomo e sonhando em conseguir mais clientes?

  • Marketing de vendas;
  • SEO;
  • Social Media;
  • CRM;
  • E-mail marketing;
  • Adobe.

4 – Programação

  • Javascript;
  • Html;
  • Java;
  • Angular;
  • Php;
  • Ajax;
  • Android.

5- Design

  • Design UX;
  • Experiência do usuário;
  • Identidade visual;
  • Interface;
  • Animate;
  • Css;
  • Corel draw.

6 – Finanças

  • Crédito;
  • Análise financeira;
  • Contabilidade;
  • Análise de custos;
  • Fluxo de caixa;
  • Opex.

SEO e o currículo: a importância dessas três letras para ser encontrado(a)!

De antemão, conforme já comentamos acima, o SEO é essencial para ser encontrado no mundo online.

Nesse sentido, se você sabe pouco (ou nada) sobre o tema, vamos te falar brevemente sobre o que se trata.

SEO, é a sigla de Search Engine Optimization, ou seja, é um conjunto de estratégias de otimização para motores de busca.

Como podem SEO e palavras-chave ajudar o meu currículo?

Em resumo, as ferramentas de SEO facilitam que o seu currículo ou perfil sejam encontrados por recrutadores na internet.

Nesse sentido, não adianta ter um excelente currículo se ele não puder ser visto pelas empresas, não é mesmo?

Desse modo, uma das ferramentas fundamentais é o uso de palavras chave.

As palavras chave são aquelas que são altamente buscadas pelos recrutadores.

Acima, você viu alguns exemplos das mais procuradas em algumas áreas específicas.

Entretanto, vamos te mostrar que existem algumas palavras “coringas”.

Ou seja, elas são buscadas por empresas nas mais diversas áreas. Acompanhe mais sobre o tema abaixo!

Dicas de palavras chave para currículos de diversas áreas 

Dicas de palavras chave para currículos de diversas áreas

Sob o mesmo ponto de vista, existem algumas palavras chave que são buscadas por recrutadores das mais diversas áreas.

Desse modo, recomendamos que você fique de olho em quais são elas.

Afinal, essas palavras vão te ajudar a se destacar na procura de uma vaga. Duvida?

Anote essas dicas e coloque-as no seu currículo.

Te garantimos que serão ótimas aliadas no desempenho do seu cartão de visitas. Confira!

13 palavras-chave adicionais que os recrutadores notam no seu currículo

  • Apoio;
  • Conhecimento;
  • Desenvolvimento;
  • Análise;
  • Equipe;
  • Experiência;
  • Liderança;
  • Habilidade;
  • Operação;
  • Projetos;
  • Gestão;
  • Responsável;
  • Voluntariado.

Em síntese, colocar essas palavras no seu currículo vai te ajudar muito a se destacar no mercado de trabalho.

Porém, preste atenção ao contexto e sempre as coloque de forma natural.

Portanto, veja um exemplo: não escreva apenas “dei meu apoio em um projeto na área de marketing da empresa.”

Ao invés disso, escreva algo como “um projeto inovador no meu último emprego teve meu apoio e auxílio desde o projeto até a sua plena efetivação.”

Em síntese, viu só como soa melhor e ajuda o recrutador a entender a sua relevância dentro da ação?

Ademais, as palavras chave foram inseridas normalmente e podem auxiliar as empresas a te encontrar.

Como saber as palavras chave do LinkedIn? 5 dicas essenciais

Como Fazer um Bom Perfil No LinkedIn

Aproveitando esse post, decidimos te dar mais dicas sobre o currículo. Todavia, agora vamos falar sobre o seu currículo no LinkedIn.

Nesse sentido, o LinkedIn é sem dúvidas uma das melhores redes sociais quando o assunto é oferta de empregos.

Assim, usar as palavras chave corretamente é o que pode garantir que o seu perfil será visto por quem procura um funcionário.

Desse modo, siga as nossas dicas:

1 – Procure palavras-chave relevantes no seu mercado

Se você está em busca de um emprego, veja quais são as palavras chave para a vaga que você deseja. Para isso, olhe os guias de palavra chave de pelo menos 10 vagas em aberto;

2 – Saiba o que os recrutadores estão à procura e coloque-o no seu título LinkedIn

Além disso, responda a uma pergunta: o que um recrutador está procurando e que você pode oferecer?

Um motorista pode colocar no título: motorista | ônibus rodoviário | ônibus urbano | transporte coletivo | turismo | fretamento.

Já um redator pode usar as seguintes palavras chave no título: Redator | Copywriter | Redator para Web | Produtor de conteúdo.

Ademais, veja algumas dicas simples que podem facilitar ainda mais que o seu perfil cresça na rede:

3 – Não negligencie a parte do resumo

Na aba “Resumo” indicamos que você use as palavras chave adequadamente e crie uma espécie de mini currículo profissional.

Nesse sentido, lembre-se de citar essas palavras de modo natural e coerente;

4 – Usar um URL legível para facilitar a leitura e a memorização

Deixe a sua URL do LinkedIn mais bonita e amigável.

Dessa forma, nada de URL www.linkedin.com/in/rafaela-menezes414558b2221b0/ prefira editar o seu URL e coloque seu nome e profissão, por exemplo:

www.linkedin.com/in/rafaela.foto.menezes. Ficou bem melhor, não é mesmo?

5 – Faça networking em grupos do LinkedIn

Participe de grupos e interaja muito no LinkedIn.

Essa rede social é sem dúvidas uma das mais importantes para alavancar o seu networking.

Portanto, deixe a vergonha de lado e produza artigos, discuta em grupos e fortaleça as suas conexões!

5 dicas para destacar seu currículo

Além do uso de palavras chave, existem outras dicas que podem te ajudar a encontrar um emprego.

Aliás, que podem te ajudar a ser encontrado(a) pelos recrutadores. Veja quais são:

1 – Invista num bom perfil LinkedIn

De antemão, faça um LinkedIn atraente e coloque uma foto sorrindo no seu perfil;

No fim de contas, o LinkedIn é uma ferramenta ideal para:

Gerar uma autoridade numa determinada domínio de trabalho. Isto porque pode escrever posts e artigos sobre a sua profissão e desempenho;

Além disso, se trabalha como autônomo ou freelancer, através disso pode ganhar novos clientes;

idioma

2 – Aprenda novas línguas

Ademais, se você ainda não possui nenhum idioma além do português, é hora de mudar isso.

Dominar outros idiomas é super positivo, pois:

Te coloca na mira de vagas melhores

Se você fala mais de um idioma, pode ir atrás de vagas de trabalho que pagam mais e possuem bons benefícios

Assim, recomendamos que você invista em um curso, mesmo que online e domine, no mínimo, o inglês;

3- Tente dar uma visão adequada de si mesmo

Bem como, exponha no seu currículo as suas habilidades e só cite seus hobbies e interesses pessoais se for conveniente.

Para aprender habilidades é ter a capacidade de aprendizado de uma pessoa, por meio de qualificações.

Por exemplo, cursos e treinamentos.

Portanto, são características desenvolvidas em um profissional que o ajudam a desempenhar suas obrigações.

4 – Esforce-se para ser honesto

Além disso, jamais minta ou aumente as suas qualificações.

Isso pode te gerar transtornos e muito constrangimento.

Imagine se durante uma entrevista você for descoberto como um(a) mentiroso(a)?

Será uma situação terrível, não é mesmo?

Portanto, tenha um currículo verdadeiro e com todos os dados reais.

5 – Mantenha tudo atualizado

Sob o mesmo ponto de vista, sempre e se mantenha atualizado.

Nesse sentido, mesmo que você esteja em busca de uma vaga há um bom tempo, não fique em casa ocioso(a) e sem produzir nada.

Como me destacar mesmo sem experiência?

Mesmo sabendo quais são as palavras chaves procuradas pelos recrutadores, muita gente ainda se vê perdida quando o assunto é conquistar um emprego.

Aliás, principalmente quando é o primeiro emprego.

Entretanto, saiba que nem tudo está perdido e que é possível mesmo sem experiência chamar a atenção dos recrutadores.

Entenda como fazer isso com as nossas sugestões:

3 dicas para fazer bem mesmo sem experiência

  • Primeiramente, mesmo se você estiver em casa mandando dezenas de currículo diariamente, não abra mão dos estudos.

    Assim, recomendamos que você sempre busque se capacitar e estudar. Participe de workshops, cursos online e se dedique a aprender cada dia mais;
  • Além disso, você viu que o voluntariado é algo super positivo para as empresas. Portanto, pode ser a hora de ajudar uma ONG ou alguma instituição.

    Atualmente, é possível prestar trabalho voluntário até mesmo pela internet. Se informe e enriqueça o seu currículo com uma ótima ação;
  • Bem como, mostre que você é um líder! Seja chefe de turma, diretor do grêmio ou idealize um projeto escolar.

    Posteriormente, isso poderá contar pontos a favor na sua trajetória profissional. 

Por fim, agora você já sabe quais são as palavras chaves procuradas pelos recrutadores na hora que eles buscam bons profissionais.

Portanto, aproveite as nossas dicas e deixe nos comentários mais sugestões de temas, dúvidas e críticas sobre o nosso conteúdo!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You May Also Like