O Que É Pretensão Salarial: Como Calcular E O Que Responder Na Entrevista

Qual sua pretensão salarial? Você está em busca de recolocação profissional e não sabe como reagir a esta pergunta?      

Este artigo vem para te ajudar nesta missão e também ensinar como calcular a pretensão salarial de acordo com o seu perfil profissional, ou seja, de acordo com a sua função, tempo de experiência e situação atual.

Ficou curioso e quer saber como lidar com esta situação numa entrevista de emprego?

Acompanhe este post!                                                                                           

O que é o pretensão salário e como responder a esta pergunta em uma entrevista

Quando há um convite para participar de uma entrevista de emprego, significa que você passou pelo funil entre todos os candidatos à vaga. Agora é preciso mostrar ao recrutador porque você é o profissional ideal para o cargo!

O que significa pretensão salarial? Ela é a remuneração média pelo seu serviço prestado. Entre o piso e teto salarial, está o valor baseado na sua qualificação e tempo de experiência profissional. Portanto, esta é a sua pretensão salarial!

Quando o entrevistador faz esta pergunta numa entrevista, ele já deve de ter como base o seu último salário (caso esta informação conste no currículo ou no formulário online). 

Neste sentido, você pode responder com referência ao seu ganho atual ou do mais recente. Caso contrário, justifique o porquê você está em busca de um emprego que tenha uma remuneração superior à recebida atualmente ou no último emprego. 

Você fez cursos nos últimos tempos? Qual é o tempo de experiência que você tem na sua função? Domina sistemas complexos? Avalie quais habilidades e competências foi adquirida ao longo da sua carreira e mostre o seu valor ao recrutador!

 Veja essas dicas:

  • Apresente uma média salarial e não um valor fixo;
  • Mencione de acordo com o salário mínimo, (por exemplo, de 3 a 5 salários mínimos) desta forma, você evita verbalizar números em reais;
  • Cuidado ao responder uma pretensão muito superior a sua última remuneração;
  • Não aceite um valor muito inferior ao seu último salário por estar desempregado; 
  • Faça uma pesquisa salarial e descubra quanto a empresa remunera os seus colaboradores;
  • Cuidado para não se autopromover demais;

Como calcular a minha pretensão salarial?   

Calcular a sua pretensão salarial para chegar a uma média adequada pode parecer uma tarefa difícil, não é mesmo? Mas se você tiver claro quais são as funções do seu cargo e qual é o salário oferecido pelo mercado, considere um passo à frente nesta jornada.

É importante também considerar como valores agregados à remuneração fixa mensal, os benefícios que uma empresa está disposta a oferecer. Então analise também:

  • Remuneração variável;
  • Bonificação por desempenho;
  • Benefícios como Plano de Saúde, Vale Refeição e Auxílio Transporte;
  • Outros benefícios e diferenciais. 

Entender também como uma empresa faz a pesquisa e o cálculo para chegar a uma remuneração adequada oferecida pelo mercado é um diferencial na hora de fazer o cálculo da sua pretensão salarial.

Vamos calcular a sua pretensão salarial?         

1. Pesquise a média de salário por função      

Saber quanto o mercado está disposto a pagar pelos serviços de um profissional é muito importante. Portanto, inicie a sua pesquisa salarial de acordo com o porte da empresa (pequena, média ou grande), cargo e funções exercidas.

Além da pesquisa online, você também pode conversar sem ser invasivo com colegas que exerçam atividades similares às suas para ter uma base dos salários de acordo com a vaga em que você está concorrendo.

Não esqueça de avaliar qual é o seu nível atual e qual é o nível da vaga que você está concorrendo. Entenda melhor:

Vamos supor que você seja um assistente e está concorrendo a uma vaga de analista. Neste caso, a sua pesquisa será com base nos salários dos analistas de acordo com o porte da empresa.

Sabia que existem organizações que praticam estratégias salariais oferecendo remuneração acima da média do mercado para atrair e reter os melhores talentos?

Portanto, ao pesquisar a empresa para sair bem na entrevista, tente descobrir também qual é o posicionamento dela no mercado em relação à estratégia organizacional.

Atualmente muitas empresas têm uma Company Page no Linkedin. Não deixe de pesquisar para conhecer a reputação da organização na qual você foi convidado para fazer a entrevista.

2. Analise o seu tempo de experiência e habilidades profissionais     

Além de analisar qual é o salário praticado no mercado, a pretensão sempre deve estar de acordo com as suas habilidades e tempo de experiência na sua atual função.

Em qual momento da sua carreira você se encontra? Que tipo de profissional a empresa vai contratar? Um profissional pronto que domina sistemas e que tem facilidade de resolver questões complexas pertinentes ao cargo? 

Existem competências e habilidades que só são adquiridas ao longo de uma carreira. Se esta for a sua realidade, pode aumentar a sua pretensão salarial. Faça valer este valor! 

É claro que isto não precisa ser dito numa entrevista, o recrutador já possui este olhar. E conforme mencionado acima, para se sentar na mesa com ele, você já passou pelo funil. Faça valer a pena!

Por outro lado, se você é iniciante com cargo de auxiliar, o ideal é que a sua pretensão esteja de acordo com a sua fase profissional. Ou seja, pesquise o mínimo oferecido pelas empresas de acordo com a sua categoria.

3. Autoavalie o contexto da sua atual situação         

Ao calcular a sua pretensão salarial, tenha em mente qual é a sua situação atual. Entenda mais!

Imagine que você é um profissional que está afastado do mercado por algum tempo e foi convidado para uma entrevista de emprego. A sua experiência e o último salário podem ter perdido um pouco de valor ao longo deste período.

Então o que colocar na pretensão salarial neste caso?

Se você está desempregado há muito tempo (seja lá o motivo que for), o ideal é que a sua pretensão esteja de acordo com a média praticada pelo mercado, e não de acordo com as competências e habilidades que você tinha, por exemplo, há 5 anos atrás.

Por outro lado, se você estiver empregado recebendo remuneração média praticada pelo mercado, tenha coerência com o valor que você recebe e o aumento que você deseja receber.

Devo colocar pretensão salarial no currículo e formulários de emprego?    

Quer saber como colocar pretensão salarial no currículo? O ideal é que você não coloque a pretensão salarial no currículo, nem o valor do salário recebido nas empresas mencionadas em suas últimas experiências profissionais. 

Saiba que a sua pretensão salarial deve ser inserida no currículo somente se a descrição da vaga solicitar?

Por outro lado, e considerando que atualmente as empresas iniciam seus processos de recrutamento com a seleção de candidatos online, os formulários são perfeitos para você colocar a média salarial desejada.

Não existe uma regra ao colocar o valor do salário em formulários. Você pode não se posicionar a respeito preenchendo o campo como ‘negociável’ ou colocar sequência numérica com zeros para preencher o campo obrigatório.   

O que não é recomendado! A sua pretensão salarial é quem vai determinar se a vaga está ou não de acordo com o seu perfil. Vamos a mais uma suposição para contextualizar esta informação.

Vamos supor que você tenha uma média salarial (ou recebe atualmente) um valor x e a empresa na qual você foi convidado para uma entrevista não sabe da sua pretensão, afinal, é negociável.

Você se prepara para a entrevista e se sai muito bem por sinal. E somente no final da entrevista é que você sabe que a empresa está oferecendo um salário muito inferior à sua pretensão salarial.

Ambos perderam tempo, porque isso pode fazer com que o seu perfil não se encaixe com o da vaga!  

Posso perguntar qual a pretensão salarial que a empresa oferece?              

Não é indicado questionar o entrevistador a respeito do salário oferecido pela vaga.

Fazer este tipo de pergunta pode dar a impressão que o candidato está mais interessado nos ganhos financeiros do que contribuir para que a empresa alcance seus objetivos de negócios. O recrutador sabe qual é o momento de falar a respeito. 

Existem profissionais que têm o receio de mencionar uma pretensão salarial muito alta e perder a oportunidade de ser selecionado pela empresa.

E há aqueles que têm receio de colocar uma pretensão muito baixa e perder a oportunidade de negociar caso a empresa ofereça um salário superior. 

É importante ter em mente que um profissional qualificado não perde tempo com esse tipo de suposição. Então se você está seguro quanto quer ser remunerado pelos seus serviços, deixe isso claro sempre que houver a oportunidade!

Saiba que o mercado de trabalho é escasso de profissionais qualificados. Se o recrutador reconhecer o seu potencial, ele vai falar do plano de carreira da organização. 

Além disso, ele vai mencionar os benefícios e a intenção de negociar antes de descartar o candidato somente pela pretensão salarial.

Conclusão                 

Chegou até aqui e ainda restam dúvidas de como responder qual a sua pretensão salarial?

Então vamos recapitular: Primeiro faça uma pesquisa de mercado e autoanálise profissional. Depois que você aprendeu a calcular e a chegar na média salarial, não tenha receios de deixar isso claro sempre que houver a oportunidade.

Portanto, não mencione no currículo, mas se no formulário houver esta opção, não hesite em preencher este campo. Não demonstre insegurança e analise muito bem antes de descartar uma oportunidade de emprego. 

Pode ser que a princípio você não conquiste o salário desejado, mas sim uma empresa que te ofereça plano de carreira e futura oportunidade de crescimento profissional.

Gostou?

Aprenda mais em nosso portal sobre currículos e entrevista de emprego!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You May Also Like