LinkedIn: O que é? + 5 Dicas

ViaFortuna - Como ter um perfil de LinkedIn imbativel
Entenda o que é Linkedin e a importância para o seu negócio

O termo “Linkedin o que é” quando pesquisado nos leva a uma infinidade de conteúdos.

Nesse caso, trata-se de uma maneira diferente de gerenciar conteúdos voltados para o mercado profissional.

A época de criar um currículo e sair entregando à procura do seu emprego acabou.

Atualmente, temos serviços que armazenam suas informações e elas ficam acessíveis para qualquer empresa.

Além disso, tudo no formato conhecido de rede social.

LinkedIn: O básico

O que é Linkedin?

Para responder a pergunta “o que é Linkedin?”

Devemos voltar ao seu nascimento, em 2003.

Desde o seu lançamento, ela se propôs a ser uma rede social para relacionamentos profissionais.

Com o uso da plataforma você pode realizar diversas ações para desenvolver sua carreira profissional.

Ou seja, parcerias, procura de vagas e aprimoramento do seu currículo podem ser feitas.

Focada no gerenciamento de carreira, a rede social possui mais de 500 milhões de usuários.

Desses, cerca de 40 milhões de brasileiros estão ativos no universo online do Linkedin atualmente.

Devido ao tipo de informação que você insere, a rede conecta-se com diversas empresas.

Além disso, você ainda pode fazer interações e ser direcionado à vagas de emprego.

Nesse sentido, o site se baseia nos seus interesses para te indicar opções relevantes.

Como funciona a rede social

LinkedIn: Como funciona a rede social

Em um cenário prático, a rede social funciona de maneira simples e intuitiva.

À princípio, se assemelha a outros serviços conhecidos e dispõe de várias ferramentas parecidas.

Contudo, muitos outros pontos são diferentes de sites com foco em relações pessoais.

Para entender como faz um Linkedin, você deve começar pelo cadastro, inserindo seus dados.

A partir disso, a plataforma vai gerar um perfil baseado no que foi informado.

Desse modo, vagas, colegas e empresas do seu interesse serão indicados para você.

Para otimizar o seu uso na rede social, mantenha as conexões alinhadas com os interesses.

Dessa forma, todas as recomendações geradas serão compatíveis com o que você realmente quer.

Para que serve o Linkedin?

Com o intuito de entender para que serve o Linkedin, saiba quais suas principais funções.

Afinal, é a melhor forma de usar serviços do site para impulsionar sua vida profissional.

  • Networking;
  • Ter sua credibilidade profissional aprimorada;
  • Buscar as melhores vagas de emprego.

Deixando claro esses pontos iniciais, é hora de falar um pouco sobre cada um.

A seguir, você vai ter breves explicações sobre cada uma dessas funções principais da plataforma.

Networking

Essa função ilustra bem quando procuramos por “linkedin o que é” nos buscadores online.

Em outras palavras, trata-se de encontrar e ampliar sua rede de contatos no site.

Portanto, é importante manter atualizada a sua rede de conexões.

Credibilidade Profissional fortalecida

Ao utilizar os serviços da plataforma, você deixa sua carreira disponível para consulta das empresas.

Ou seja, conforme usam a rede como referência, melhor você se consolida como profissional confiável.

Busca por vagas de emprego

Interligada com a anterior, essa função é essencial dentro da rede social.

Com ela, você pode ser encontrado por empresas da sua área de atuação.

Por fim, ainda há a opção de procurar manualmente na aba “Vagas” o emprego ideal.

Devo colocar o Linkedin no meu currículo?

Englobada no termo “Linkedin o que é” essa ideia funciona como um currículo digital.

Ainda mais em tempos modernos, com empresas querendo saber o máximo possível sobre seus candidatos.

Pelo foco da plataforma ser profissional, isso faz dela mais adequada para colocar no currículo.

Sobretudo, é como se fosse uma versão mais interativa, com acesso detalhado às suas experiências.

Até mesmo a necessidade de manter seu perfil no site atualizado se assemelha com currículo.

Inclusive, existem até maneiras de impulsionar sua página para atrair mais vagas e empresas.

Em suma, pode-se dizer que é um complemento perfeito para o currículo.

Exemplos: o que colocar no sobre do Linkedin

Sendo parte importante da sua página, o resumo aparece logo depois de suas credenciais.

Desse modo, é como usar esse local privilegiado para dar uma ideia sobre você.

Nesse sentido, aqui vão algumas dicas para compor um texto mais atrativo.

  1. Use sua criatividade para interligar detalhes que você ama em sua carreira ou vida pessoal;
  2. Distribua suas conquistas enquanto conta sua história de maneira organizada pelo tempo que você trabalha;
  3. Escreva parágrafos curtos, coesos para facilitar a dinâmica de leitura e evite o uso de emojis ou caracteres especiais;
  4. Faça o uso de uma primeira frase impactante, mas sem o uso de jargões ou clichês;
  5. As palavras-chave que escolher devem ser fortes segundo as práticas de SEO.

Amostras de bons resumos

Entre os exemplos, aqui vão alguns bem interessantes.

Primeiramente, Gilberto Figueira, que é do setor de Planejamento Estratégico da Agência Lupa.

Resumo 1

O próximo é o do ator Luigi Baricelli, da Rede Globo.

Nesse caso, nota-se que ele aproveita a imagem facilmente reconhecível para contar sobre sua história.

Resumo 2

Terceiro e último exemplo é Diana Roale, Gerente de Planejamento da agência Planejador Web.

Por fim, um resumo bem sério e objetivo.

Resumo 3

5 dicas para ter um perfil imbatível

Pesquisar só “Linkedin o que é” pode não ser suficiente para tirar todas as dúvidas.

Às vezes, pode ser necessário aprofundar um pouco para buscar algo específico.

Sendo assim, temos 5 dicas para você ter um perfil atrativo na rede social.

1 – Adicione uma foto sua

Nada muito formal, mas nada tão íntimo é o ideal para a sua foto.

Antes de tudo, a escolha da foto é o que já passa uma impressão inicial.

Depois que colocar uma foto, você garantirá que seu perfil será quatorze vezes mais visto.

2 – Não deixe nada sem preencher

Todos os tipos de campos disponíveis devem ser completados.

Dessa maneira, você aumenta a chance de se destacar pois empresas verificam sempre esses detalhes.

3 – Tenha uma URL exclusiva

Utilize a opção de personalização de URL para ter uma única.

Com isso, seu nome aparecerá no google em maior evidência, facilitando que te encontrem.

4 – Efetue publicações constantemente

Como várias outras redes sociais, o Linkedin tem a opção de criar postagens.

Assim, você pode publicar textos para as suas conexões e ganhar popularidade na plataforma.

5 – Faça interações frequentes com outros usuários

Apenas criar o perfil não é suficiente, então mantenha-o atualizado sempre que puder.

Todas as vezes que entrar, procure interagir com uma boa variedade de profissionais na rede.

4 dicas de uso para empresas

Empresas também podem fazer bom uso da plataforma do Linkedin.

Como resultado, um ótimo canal de marketing pode surgir usando as ferramentas corretamente.

Desde já, confira essas orientações para o uso do site de maneira empresarial.

1 – Construa sua audiência criando uma Company Page

A relevância desse recurso se dá por ela atrair curtidas e compartilhamentos para seus posts.

Todavia, você terá que manter sua company page otimizada com atualizações frequentes.

2 – Faça publicações de conteúdo no Linkedin

Mesmo sem ter a mesma liberdade de um blog, é importante que sejam feitas publicações.

Do contrário, os usuários não vão interagir e sua página perderá força na plataforma.

3 – Entre nos grupos da rede social

Produza um mapeamento dos grupos através do interesse dos seus interesses e encontre os melhores.

Dessa forma, você pode ter publicações impulsionadas por discussões em alta e dentro do contexto.

4 – Desenvolva anúncios com base nas informações profissionais

Diferente de outras redes sociais, os anúncios se segmentam pelo que é cadastrado na plataforma.

Portanto, criar anúncios dentro de duas soluções a seguir pode ajudar a impulsionar sua empresa.

  • Self-Service, que são as soluções recomendadas para investimentos com o custo abaixo de R$ 15 mil ao mês;
  • Corporativas, indicadas para investimentos acima de R$ 15 mil por mês.

Como gerar leads pelo Linkedin

Fazer o seu negócio crescer integra a ideia de como usar o Linkedin sem complicações.

Ainda mais nos tempos atuais, em que a rede social tem grande eficiência nos leads.

A taxa de conversão da plataforma é maior do que as do Twitter e Facebook.

Ou seja, investir em produzir conteúdo nesse site pode ser a chave para ganhar popularidade.

Não é exagero dizer que esta é uma rede com bom potencial para empreendedores.

Todavia, é importante tomar a iniciativa para gerar leads por esse canal.

Basicamente, seguindo as dicas anteriores, você já terá um ponto de partida.

Ainda assim, é essencial se concentrar nas suas especialidades e cuidar bem do seu feed.

Bem como a mensagem inicial, que deve ser cativante para atrair os clientes certos.

Outras orientações passam por se aproveitar das discussões nos grupos e ser muito influente.

Com isso, você vai se tornando uma referência de conteúdo para publicações da sua área.

Uma rede social mais séria

Devido a gama de ferramentas disponíveis, o Linkedin é o melhor serviço para crescer profissionalmente.

Isto é, inclui tanto quem procura estágio, como primeiro emprego ou é veterano no mercado.

As opções de desenvolvimento profissional são várias e o uso da rede é muito objetivo.

Portanto, é o canal que pode te fazer ganhar muita credibilidade no mercado de trabalho.

Investir nessa rede social também é ótimo para quem está pensando em empreender.

Com isso, todo tipo de assunto relacionado ao trabalho pode ser potencializado pela rede social.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You May Also Like