Defeitos Para Entrevista de Emprego: 5 Exemplos e Dicas Para Responder Corretamente

ViaFortuna - Defeitos Para Entrevista de Emprego

[totalpoll id=”988694″]

É bastante comum que as pessoas se preocupem com seus defeitos para entrevista de emprego.

Isso é compreensível.

Falar sobre os pontos fracos e limitações causa medo, especialmente se está tentando convencer uma empresa a contratá-lo.

Porém, trata-se de um processo necessário.

Não apenas por ser capaz de expor o que considera seus piores defeitos na entrevista de emprego, mas também pelo significado simbólico disso tudo.

A empresa entende que você é um ser humano com falhas – como qualquer outro – entretanto, reconhece esse fato, e está disposto a trabalhar para melhorá-lo.

Vamos aprender a seguir como você pode utilizar os seus defeitos, manejando-os da melhor forma possível para obter sucesso em sua entrevista de emprego.

5 defeitos para entrevista de emprego

5 defeitos para entrevista de emprego

Defeitos para entrevista de emprego: 1. Timidez

A timidez é um dos principais defeitos mencionados em entrevistas de emprego.

Mais de 50% dos brasileiros e brasileiras se consideram tímidos.

Na maioria dos casos, a timidez nasce com a pessoa.

Desde bem pequeno, começa a apresentar os traços mais frequentes em uma pessoa tímida.

O grande desafio que a timidez impõe é a criação de laços daquele indivíduo com o mundo.

Ela cria uma barreira para com o restante do mundo. E aí reside o problema central.

Timidez em excesso pode gerar fobia social – ocasionando depressão e outras doenças psicológicas.

As empresas buscam pessoas que sejam capazes, ao menos, de relacionar com os colegas de trabalho e com seu público-alvo.

Se você faz parte desse grande grupo de pessoas tímidas, saiba que reconhecer isso já é um importante passo.

Depois, procure assistência psicológica e terapêutica. Timidez pode e deve ser tratada.

2. Perfeccionismo

Defeitos para entrevista de emprego: Perfeccionismo

Não é pequeno o número de pessoas que mencionam a palavra “perfeccionista” durante uma entrevista de emprego.

Um erro colossal que poucos conhecem.

O erro existe porque as pessoas se autodenominam perfeccionistas relacionando essa característica a algo bom.

Perfeccionismo não é algo bom, uma qualidade invejável, como muitos pensam.

Ele se transforma, na maioria das vezes, em um grande empecilho.

Isso se atribui a impossibilidade de que tudo seja como o esperado.

Trabalhar em uma empresa, de maneira séria e responsável, implica estar aberto ao erro, a que elementos surpresa apareçam e saiba lidar com isso da melhor forma.

Tudo isso é avaliado durante a entrevista de emprego.

Os avaliadores não estão buscando o ser humano perfeito e imaculado.

Querem alguém disposto a aprender com seus erros e com os erros dos outros, que queira aperfeiçoar, criar caminhos e estratégias.

A única forma de inovar é tentando, e pessoas perfeccionistas não costumam tentar, pois, temem errar.

Defeitos para entrevista de emprego: 3. Nervosismo

Nervosismo

O nervosismo, comumente, está associado à timidez e a ansiedade.

Para ambos os casos, a terapia é o melhor tratamento.

Pessoas que ficam muito nervosas durante a entrevista de emprego acabam por deixar bem claro que não sabem lidar com a pressão.

E isso é tudo que uma empresa não quer – uma pessoa com as emoções descontroladas.

Palpitações, mãos geladas, suor ou palavras gaguejadas são os sintomas mais perceptíveis de que uma pessoa está nervosa.

Saber controlar a si mesmo e seus nervos é essencial para passar a imagem adequada em sua entrevista de emprego.

4. Franqueza excessiva

Essa é mais uma daquelas características que as pessoas utilizam durante entrevistas de emprego como se fosse algo muito bom.

Não é! Um indivíduo excessivamente franco falará sempre o que considera como verdade.

E a sua verdade pode não ser a verdade do outro.

Neste sentido, ao trabalhar em uma empresa com um grupo de pessoas, as informações e conteúdos compartilhados devem ser sempre ponderados.

Não há necessidade que seja sempre sincero em suas palavras.

Por vezes, pode ser necessário que omita e/ou guarde para si a opinião.

O objetivo é ter um ambiente produtivo e harmônico.

Pessoas muito francas, que dizem abertamente “não gosto da sua ideia” ou “isso vai dar errado”, rompem com qualquer possibilidade de harmonia.

5. Medo de falar em público

O último defeito aqui listado e que é frequentemente apontado nas entrevistas de emprego é o medo de falar em público.

Muito vinculado a timidez, nervosismo e insegurança, esse defeito é motivo de atenção durante as entrevistas.

Afinal, em 2021, saber comunicar com diferentes grupos e pessoas é fundamental.

Pessoas com medo de falar em público, em geral, são inseguras sobre si mesmas.

E como esperar que a empresa confie em você, se nem mesmo você tem autoconfiança?

É uma cadeia de observações e detalhes que são levadas muito a sério durante as entrevistas de emprego.

Outros pontos fracos ou defeitos para mencionar em sua entrevista de trabalho

  • Auto-crítico/sensível
  • Experiência limitada em uma habilidade não essencial
  • Tomar demasiada responsabilidade
  • Tímido/não adepto de falar em público
  • Não dedicado aos detalhes/too aos detalhes
  • Não me sinto confortável em correr riscos
  • Desorganizado
  • Demasiado focado/falta de foco
  • Competitivo
  • Falta de habilidade para delegar tarefas

Métodos para citar defeitos para entrevistas

Ter defeitos é condição inerente a qualquer ser humano.

Não há como fugir disto.

Se você é humano, então possui defeitos.

Reconhecer seus defeitos na entrevista de emprego é mais importante do que o imaginado.

Há formas adequadas para que esses defeitos sejam mencionados sem, no entanto, desconstruir toda a imagem positiva que deseja passar.

O primeiro passo é você estar preparado.

Antes de ir à entrevista, pense detalhadamente nos seus defeitos, como eles te prejudicam e possíveis experiências com esses defeitos.

Em seguida, ao ser perguntado, mantenha sua respiração calma, postura ereta e, principalmente, seus olhos jamais devem desviar do seu entrevistador.

Indivíduos que desviam o olhar costumar fazer isso para inventar coisas ou omitir informações.

E você não pretende fazer isso.

Daí advém a importância de se preparar.

Se estiver preparado, a resposta virá naturalmente em sua mente e as palavras fluirão.

Assim que começar a falar, não seja apressado.

Não passe a impressão que quer fugir de seus defeitos.

Seja detalhista. Se possível, conte uma situação na qual aquele defeito te prejudicou.

Todavia, irei fazer um parêntese.

Ao citar defeitos durante a entrevista de emprego, escolha previamente os defeitos que citará.

Tenha cuidado para não citar um defeito que acabe inviabilizando que você execute a função para o qual está concorrendo.

Pontos fortes e fracos

Utilize os defeitos para demonstrar sua capacidade de aprendizado

Ao reconhecer seus defeitos e estar aberto para falar sobre eles, você irá deixar bem claro para a empresa que é uma pessoa madura e com bastante conhecimento de si mesmo.

Isso é essencial em entrevistas de empregos.

Falar sobre pontos fortes e habilidades é o que todos fazem.

Mas é necessária bastante inteligência emocional para reconhecer suas limitações e defeitos.

Isso cria uma excelente imagem de você para a empresa.

Saber apontar quais são os defeitos é o primeiro passo para buscar o aperfeiçoamento.

Saber ser crítico e autocrítico tem sido habilidades bastante recorridas em empresas modernas.

Organizações modernas buscam funcionários analíticos, com capacidade para identificar os pontos mais carentes e transformá-los em soluções para a empresa.

É curioso pensar o quanto uma entrevista de 15 minutos revela sobre uma pessoa.

Não minta sobre defeitos – Omita

Mentir é o pior recurso que alguém pode utilizar numa entrevista de emprego.

As pessoas mentem bastante quando o assunto são os defeitos.

Elas criam defeitos que não existem e escondem os existentes.

O que precisa aprender é omitir.

A omissão é, em síntese, mascarar algo.

Só faça isso se for extremamente necessário.

Por exemplo, se seu maior defeito for um empecilho para você executar sua função, é recomendável que você o omita, ou seja, não mencione durante a entrevista.

Mas não precisa fazer isso sobre todos os defeitos. Se criar uma teia de mentiras, será facilmente pego.

Não foque a entrevista em seus defeitos

Foco

Quando eu disse logo acima para detalhar seus defeitos e como eles o prejudicam, não quis dizer para passar todo o tempo apontando defeitos e fazendo uma autocrítica.

Responda calmamente, com respostas que sejam claras e que exponham a sua verdade.

Creio que não é necessário mais que 2 ou 3 minutos para falar sobre o tópico dos defeitos.

Isso depende também do tempo estimado para a entrevista.

Se for uma entrevista mais longa, de 1 hora, por exemplo, pode dedicar entre 10 e 15 minutos para responder essa pergunta.

calma. Não significa que passará todo o tempo falando mal de si mesmo.

Mencione os defeitos, situações que aconteceram envolvendo eles, caminhos que você tem buscado para aperfeiçoá-los.

E lembre-se sempre: olhos focados e tom de voz seguro e calmo.

Conclusão

Todo esse texto foi dedicado a te ajudar a responder uma única pergunta recorrente nas entrevistas de emprego: “o que você apontaria como seus maiores defeitos?”.

Uma pergunta importantíssima e que define o futuro de milhares de candidatos.

Isso porque as respostas de cada um são analisadas minuciosamente, e mesmo que o entrevistado não perceba, ao responder essa simples pergunta estará revelando muitos traços de sua personalidade e comportamento.

O entrevistador observa tudo muito atentamente, desde os defeitos apontados, o tom de voz, a pronúncia, expressão corporal, capacidade de explanar mesmo que sobre um assunto que gera certo desconforto.

Explore essa pergunta e o quanto ela tem potencial para te fazer ser o grande escolhido.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You May Also Like