Como Trabalhar No Uber Eats Em 2021: O Guia Absoluto Completo

Aprender como trabalhar no Uber Eats pode significar garantir uma fonte de renda extra ou conquistar o trabalho de que você tanto precisa.

Afinal, o Brasil tem atualmente uma alta taxa de desemprego, portanto, atuar no ramo de delivery é uma opção de trabalho para milhões de pessoas.

Se você precisa de uma grana extra ou está desempregado(a), fique atento(a) ao nosso artigo de hoje.

Iremos falar tudo sobre ser entregador por aplicativo, as vantagens e desvantagens da função.

Além disso, você saberá a média de ganhos desses profissionais e poderá tomar uma decisão mais acertada antes de se cadastrar no app.

Confira a matéria na íntegra e boa sorte em suas entregas! Tenha uma excelente leitura!

Como Trabalhar No Uber Eats Em 2021: O Guia Absoluto Completo

O que precisa para trabalhar no Uber Eats?

Antes de mais nada, a Uber exige que o(a) entregador(a) cumpra alguns pré-requisitos para que possa atuar no aplicativo.

Requisitos para trabalhar para no Uber Eats

São eles:

  • Você deve ter mais de 18 anos de idade;
  • Bem como, deve enviar dados pessoais como CPF e RG;
  • O Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo do seu veículo (carro ou moto) precisa estar com a validade em dia;
  • Ademais, a sua CNH também precisa estar dentro do prazo de validade;
  • Além disso, a CNH deve ter a observação de que o motorista exerce atividade remunerada;
  • O seu veículo para entrega não precisa estar no seu nome. Ele pode estar em nome de outra pessoa física ou jurídica e pode ser próprio ou alugado;
  • Por fim, são aceitos os seguintes veículos: moto, bicicleta ou carro.

Como ser entregador da Uber Eats?

Se você cumpre as exigências da Uber que citamos acima, é hora de saber como trabalhar no Uber Eats.

Como se cadastrar para trabalhar no Uber Eats

Veja um passo-a-passo para fazer o seu cadastro:

  • Inicialmente, você precisa fazer o seu cadastro para ser um parceiro Uber. Para isso, clique aqui;
  • Posteriormente, coloque seus dados pessoais solicitados e mande as fotos dos documentos que a plataforma pede;
  • Por fim, a Uber tem um prazo para avaliar seus documentos e liberar o seu acesso para entregas.

Além disso, se você já é inscrito na Uber como motorista de aplicativo, basta acessar o site que citamos acima e clicar em “opções de veículo”.

Desse modo, eles terão um prazo para analisar o seu pedido.

Se for aceito, você poderá trabalhar como entregador pela plataforma assim que tiver o acesso liberado. 

Precisa de maquininha para trabalhar no Uber Eats?

Precisa de maquininha para trabalhar no Uber Eats?

Não. Resumidamente, você enquanto entregador de aplicativo não precisa ter maquininha de cartão para trabalhar no Uber Eats.

Nesse sentido, sempre que você for realizar as entregas será seguido o seguinte protocolo:

  • O responsável pelo estabelecimento comercial irá te entregar o produto;
  • Bem como, ele vai te informar a forma de pagamento que o cliente prefere;
  • Caso seja cartão de crédito ou débito, o comércio irá te entregar a maquininha deles.

Portanto, não precisa se preocupar em adquirir uma máquina de cartão para ser entregador de app. 

Quanto ganha um entregador do Uber Eats?

Quanto ganha um entregador do Uber Eats?

Essa é uma dúvida super comum sempre que o assunto como trabalhar no Uber Eats surge.

Desse modo, para entendermos melhor como funcionam os ganhos dos entregadores, fizemos uma pesquisa.

As motos desses profissionais costumam ser bem econômicas. Assim, fazem uma média de 40km por litro de combustível.

Os entregadores costumam fazer uma média entre R$4,00 e R$8,00 por entrega.

Se levarmos em consideração que por hora o profissional faz 3 entregas, temos uma média de R$12,00 a R$24,00 por hora.

Todavia, esses valores sofrem alterações de estado para estado e é necessário levar em consideração despesas como:

Que gastos eu tenho trabalhando para Uber Eats?

  • Aluguel ou prestação do veículo;
  • Combustível.

De modo geral, mensalmente é possível tirar uma média salarial de R$2.500,00.

Sabemos que ser entregador é um serviço que exige cautela e atenção, mas pode ser uma ótima fonte de renda.

Principalmente, se você está desempregado(a) nesse momento.

Quais motos podem trabalhar na Uber Eats?

Quais motos podem trabalhar na Uber Eats?

De antemão, saiba que qualquer moto que seja fabricada depois de 1996 pode ser cadastrada na Uber Eats.

Contudo, fique de olho se sua moto é:

  • Primeiramente, ela precisa estar em bom estado para aguentar muitas horas de trabalho diariamente;
  • Ademais, indicamos que você tenha uma moto econômica para rodar nessa plataforma. Afinal, conforme vimos acima, o combustível é um dos principais fatores que oneram essa profissão;
  • Bem como, priorize uma moto com conforto e que não seja muito barulhenta. Lembre-se que você passará muitas horas nesse veículo, portanto, quanto mais confortável e silencioso ele for, melhor.
O Uber paga semanalmente ou mensalmente?

O Uber paga semanalmente ou mensalmente?

Agora vamos falar sobre um tópico super importante: o querido pagamento!

Assim, saiba como o Uber Eats paga os seus entregadores:

  • A forma de pagamento dos trabalhadores da Uber Eats é bem parecida com o modelo para motorista de aplicativo. Desse modo, você recebe o pagamento através da sua conta bancária semanalmente, sempre às quartas-feiras;
  • Em contrapartida, se você desejar pode solicitar receber o valor 3 vezes por semana. Para isso, basta solicitar o depósito no próprio app da Uber. Os pagamentos são feitos em transações instantâneas, mas o dinheiro demora cerca de 24 horas para cair na sua conta.
Quanto devo destinar para os impostos Uber?

Quanto devo destinar para os impostos Uber?

De antemão, saiba que as taxas da Uber variam entre 1% e 40% do valor da entrega.

Tais porcentagens também incidem sobre as corridas em aplicativos de mobilidade, como Uber Promo, Uber X e Comfort e outros similares.

Entretanto, esses descontos são feitos antes da empresa fazer o depósito na sua conta bancária.

Ou seja, você não precisa receber e repassar nenhum valor para a Uber.

Veja um exemplo prático do que estamos falando:

Luciano é entregador e fez uma entrega em que recebeu R$8,30.

Portanto, cairá na sua conta esse valor e ele já pode contar com ele como mais um valor no seu saldo que será depositado na próxima quarta-feira. 

Afinal, vale a pena trabalhar para o Uber Eats?

Afinal, vale a pena trabalhar para o Uber Eats?

Sempre que falamos sobre trabalhar por app, surge essa indagação: afinal, vale a pena?

Nesse sentido, é importante ressaltar alguns pontos:

  • O gasto com combustível de uma moto costuma ser baixo. Dessa forma, o ônus é mínimo;
  • É possível ganhar mais de R$20,00 por hora em dias bons. Em síntese, você consegue ganhar mais do que é em muitos empregos que pagam salário mínimo;
  • Um trabalhador que recebe o salário mínimo ganha cerca de R$4,00 por hora.

Em resumo, vale a pena sim trabalhar para o Uber Eats.

Além disso, se você já possui um emprego pode encarar esse trabalho como uma opção de renda extra e fazer um pé de meia ou quitar dívidas!

Bônus: Dicas para lucrar com aplicativos e com renda online

Se você chegou até aqui, provavelmente precisa arrumar uma fonte de renda ou até mesmo um bico, não é mesmo?

Pensando nisso, elaboramos algumas sugestões que podem te ajudar a realizar essa(s) meta(s). Confira!

1 – Apps são o futuro!

Se você não tem moto ou carro e precisa trabalhar, fique calmo(a)!

É possível ser entregador da Uber Eats com bicicletas.

Para isso, o processo é basicamente o mesmo que citamos acima.

Porém, você deverá informar no seu cadastro que irá realizar as entregas de bike.

Todavia, salientamos que você deve conhecer as normas de trânsito e tomar muito cuidado pela cidade.

Bem como, priorize trabalhar em regiões da cidade em que não há morros e aclives/declives.

2 – Bicos pela internet: o ganha pão de muitos

Principalmente depois do início da pandemia do novo coronavírus, muitas pessoas perderam empregos e fontes de renda.

Nesse sentido, trabalhar pela internet é uma excelente opção para milhares de pessoas.

Além de garantir o isolamento social, o trabalho remoto proporciona mais contato com a família e até economia de tempo.

Afinal, você não precisa se deslocar para o trabalho.

Portanto, se você possui talentos que podem te gerar renda online, é hora de se dedicar a isso.

Veja algumas demandas que o mundo da internet sempre precisa:

  • Pessoas para gerir e postar em redes sociais (Social Media);
  • Copywriters (especialistas em escrever para blogs e sites);
  • Editores de vídeos para Instagram, YouTube e sites;
  • Ilustradores e designers.

3 – Mercado de afiliados: garantia de renda!

Sob o mesmo ponto de vista, ser um afiliado digital pode mudar drasticamente a vida de muitas pessoas.

Isso porque você não precisa ter um estoque em casa ou criar nada!

Na realidade, você só precisa:

  • Divulgar o link de compras do produto que você é afiliado;
  • Saber explicar tudo sobre o produto e instigar as pessoas a comprá-lo;
  • Ganhar uma comissão sobre cada venda que conseguir realizar.

Em síntese, você precisa ter um celular com internet, disposição e muita vontade de lucrar!

Então, você se convenceu que Uber Eats, apps e a internet são o futuro do mercado de trabalho?

Gostou de aprender mais sobre como trabalhar no Uber Eats?

Acompanhe o nosso site diariamente para ler mais matérias como as de hoje e planejar a sua vida profissional!

Ademais, conte conosco para ter acesso às melhores notícias e matérias sobre o mercado de trabalho nacional!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You May Also Like