Como Trabalhar Como Freelancer? 7 Dicas Práticas Neste Mini Guia

Confira as nossas dicas sobre como trabalhar como freelancer e faça dessa modalidade de carreira um estilo de vida altamente rentável

Compreender e saber como trabalhar como freelancer se tornou fundamental para milhares de brasileiros nos últimos anos.

Segundo a plataforma Workana, desde 2019, o número de profissionais que atuam nessa modalidade aumentou cerca de 30%.

Nesse sentido, muitas pessoas estão em busca de maiores informações sobre o assunto. Afinal, se antes ser freelancer era sinônimo de instabilidade, hoje é garantia de bons rendimentos mesmo dentro de casa.

Entretanto, será que todas as pessoas tem possibilidade de atuar dessa forma? Como saber se ser um freelancer é para você?

Se você está com essas dúvidas, fique tranquilo(a) e não se desespere! Vamos falar hoje sobre como funciona o trabalho de freelancer e todas as suas características.

Acompanhe a matéria e tenha uma excelente leitura!

O que é ser um profissional freelancer?

Antes de mais nada, saiba que um profissional freelancer é um trabalhador autônomo. Ou seja, ele não possui nenhum vínculo empregatício com empresas.

Assim, atua com pequenos, médios ou até mesmo com grandes projetos. Atualmente, de acordo com a Reforma Trabalhista de 2019, esse tipo de profissional necessita de um contrato de prestação de serviços.

Por isso, se você deseja atuar como freelancer, deve estar atento(a) a essas burocracias e saber direitinho como realizá-las. Segundo a Reforma, o freelancer se enquadra na modalidade de chamada trabalho intermitente.

Afinal, trabalhar com freelancer compensa?

Como trabalhar de freelancer pode compensar se não tenho garantias? Essa é a pergunta de muitas pessoas acostumadas com o regime CLT.

Nesse sentido, podemos afirmar que muitos freelancers optam por essa modalidade de trabalho justamente porque ganham mais do que em empregos convencionais.

Isso porque como freelancer você pode dar o seu preço por hora ou até mesmo por trabalho. Em resumo, você mesmo é quem precifica a sua função, bem como, estabelece os prazos junto ao seu cliente que paga pelo serviço.

Tudo isso parece muito interessante e vantajoso, não é mesmo? Todavia, será que é mesmo tão fácil ser freelancer? Trabalhar como freelancer online tem desafios?

Tenha respostas para essas indagações no próximo tópico, continue conosco!

Como fazer trabalho freelancer e ganhar um bom dinheiro? 7 dicas aqui!

como trabalhar como freelancer

Sem mais delongas, veja abaixo 7 dicas para você assimilar melhor como pode hoje mesmo se tornar um freelancer. Ademais, tenha em mente que a prestação de serviços de modo totalmente online chegou para ficar! Confira!

1.      Saiba em qual nicho você vai atuar

De antemão, saiba que para trabalhar como freelancer pela internet é imprescindível escolher em qual área você deseja atuar. Desse modo, veja quais são os nichos que mais necessitam de trabalho virtual nos dias de hoje:

  • YouTube (criação de pautas, edição de vídeos, dentre outras demandas);
  • Marketing de conteúdo para sites, blogs e redes sociais;
  • Desenvolvimento de sites, aplicativos e programação;
  • Serviços de edição de áudio e de imagens;
  • Redação para Web e escrita jurídica.

Existem ainda outras áreas em amplo crescimento, como de influenciadores digitais, criadores de conteúdo, etc.

Portanto, se você gosta de algumas das áreas que citamos acima, escolha a que mais se adapta a você e invista nela o quanto antes.

2.      Monte um portfólio

Sob o mesmo ponto de vista, antes mesmo de ter clientes, você precisa iniciar o seu portfólio. Para isso, faça determinados serviços como “teste” e exponha aos seus futuros clientes.

Dessa forma, sites como WordPress, Contently e Wix são ótimas ferramentas para você desenvolver a sua vitrine.

Não tenha vergonha de começar e seja profissional desde o início. Ademais, tenha perfis profissionais em redes sociais como no LinkedIn, Instagram e Facebook.

3.      Estude sobre o trabalho autônomo e entenda seus prós e contras

Ao passo que você escolher a sua área de atuação e pensar em um portfólio, que tal adentrar mais no que esse trabalho significa?

Nesse sentido, sempre tenha em mente que trabalhar como freelancer online tem seus prós e contras. Entenda mais sobre isso agora, veja:

Prós

  • Você será o seu próprio chefe. Assim, poderá montar o seu próprio horário e estabelecer os seus momentos de pausa;
  • Sempre que necessário, poderá tirar uns dias de férias e até mesmo escolher se vai trabalhar de segunda a sexta-feira ou apenas 3 ou 4 dias por semana;
  • Por fim, você poderá gerenciar as suas demandas e só realizar projetos que estejam alinhados contigo e com os seus valores.

Contras

  • Sob o mesmo ponto de vista, é necessário ser extremamente organizado(a) para cumprir os seus horários corretamente e sem deixar nada atrasado;
  • Ademais, você precisa ser disciplinado(a) e sempre manter uma reserva de emergência. Afinal, freelancer não possui salário fixo;
  • Por último, não se esqueça de que é você mesmo(a) quem deverá pagar os seus impostos, emitir nota fiscal e fazer demais trâmites legais relacionados ao seu negócio.

Viu só como trabalhar de freelancer exige grande autogestão e disciplina? Portanto, se você não possui esses atributos, é melhor buscar empregos tradicionais, combinado?

4.      Destaque-se dentro da sua área de atuação

Além disso, recomendamos que você busque ser um especialista dentro da sua área de atuação. Isso significa realizar cursos, mentorias e estudar bastante.

Bem como, procure se aprofundar em uma área e construir uma carreira sólida. Isso leva tempo, todavia, você poderá cobrar cada vez mais caro pelos seus serviços. Afinal, será um profissional disputado pelo mercado!

5.      Certificados e diplomas são importantes

Ainda dentro do assunto que citamos acima, guarde ou salve todos os seus certificados e diplomas. Assim, poderá mostrar para os seus clientes todas as suas qualificações sempre que necessário.

Ah! Passe por reciclagens ou por imersões sempre que possível! Isso te ajuda a se manter atualizado(a) e sempre com ideias frescas na mente para a criação de novos projetos!

6.      Cadastre-se em sites especializados em freelancers

Atualmente, existem vários sites para você se cadastrar como freelancer online. Dentre eles, os mais famosos e confiáveis são:

7.      Entenda a sua relação com os clientes

Por fim, assimile com clareza a sua relação com os clientes. Assim, tenha em mente que você precisa ser pontual mas também estabelecer com os seus clientes metas reais.

Bem como, é necessário ter prazos razoáveis tanto para si mesmo, quanto para as demais pessoas que estão no mesmo projeto com você.

Em síntese, seja verdadeiro(a), pontual e maleável, quando necessário.

Cuidados essenciais para não “sofrer” como freelancer

como trabalhar como freelancer

Conforme você viu, saber como trabalhar como freelancer é fundamental para construir uma trajetória de sucesso nesse ramo.

Todavia, é igualmente importante cuidar de si mesmo(a) neste tipo de trabalho. Afinal, não é porque você vai trabalhar em casa que significa que você seja menos profissional, não é mesmo?

Para te ajudar, iremos deixar algumas dicas simples sobre o assunto. Olha só:

1.      Estipule um valor mínimo de recebimento

De antemão, você precisa saber o quanto necessita receber todos os meses. Bem como, deve assimilar quanto cobrará por cada projeto.

Atualmente, existem vários sites que te ensinam a quanto cobrar por trabalho e até mesmo calculadoras online para freelancers.

Para te ajudar, deixaremos uma conta rápida e simples para você se inspirar, veja só:

Marina precisa de 2 mil por mês para se manter e pagar as contas. Desse modo, a moça quer trabalhar se segunda a sexta-feira, 8 horas por dia.

Um mês costuma ter 22 dias úteis, portanto, Marina precisa ganhar R$ 90,90 por dia para conseguir cumprir a sua meta.

2.      Invista em si mesmo(a) e não pare de estudar

O exemplo de Marina serve para outras pessoas e pode ser usado como base para você começar a ser freelancer.

Assim, conforme você estudar mais e se tornar mais capacitado(a), pode aumentar os seus preços e ganhar mais dinheiro, sem precisar trabalhar por mais horas.

Nesse sentido, lembre-se de que seus clientes vão valorizar cada vez mais o seu trabalho, desde que seja bem feito e muito caprichado.

3.      Tenha limites de trabalho e de horários

Além disso, é essencial para profissionais freelancers ter limites tanto de dias de trabalho, quanto de horários.

Atualmente, muitas pessoas estão adoecendo no ambiente de trabalho e os freelancers são os mais susceptíveis a isso.

Sabemos que muitas pessoas estão endividadas e que precisam ganhar mais dinheiro para conseguir manter as contas da casa em dia.

Contudo, você não deve jamais comprometer a sua saúde para isso. Desse modo, sempre indicamos que profissionais freelancers tomem alguns cuidados, tais como:

  • Faça pausas a cada uma hora de trabalho. Ou seja, ande um pouquinho pela casa, tome um café e relaxe. Isso vai te ajudar a evitar sobrecarga;
  • Respeite os seus horários. Dessa forma, se você trabalha de 8 às 17 horas com duas horas de almoço, sempre cumpra isso. Isso vai te ajudar a manter a rotina;
  • Ademais, tenha no mínimo uma folga por semana. Nesse sentido, problemas de visão e sobrecarga serão evitados com essas atitudes simples.

Gostou de saber mais sobre como trabalhar como freelancer e construir uma carreira de forma livre e independente?

Ficou com alguma dúvida? Se sim, deixe a sua pergunta abaixo que iremos te responder assim que possível!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You May Also Like