Como Preencher Uma Ficha de Emprego Que Tenha Ótimo Resultado: 6 Passos Práticos

O departamento de Recursos Humanos de uma empresa é fundamental para assegurar a devida organização do empreendimento.

Bem como para o gerenciamento externo e interno.

São muitas as atribuições do RH.

Dentre as principais, podemos apontar o assessment como uma das mais clássicas.

O assessment é a ferramenta utilizada para avaliar o comportamento e as competências de um potencial candidato. 

A ficha de emprego é uma dos elementos mais básicos que permitem avaliar o candidato e, portanto, asseguram o assessment. 

Por este motivo, é fundamental que você saiba corretamente como preencher uma ficha de emprego.

Confira mais detalhes abaixo:

Por que é necessário responder à ficha de emprego corretamente?

Como Preencher Uma Ficha de Emprego

Essa é a primeira pergunta que vem a cabeça de um candidato ansioso.

O que todos pensam é: “Se eu já passei por todo o processo seletivo digital, por que eu preciso responder toda essa ficha de emprego?”.

A ficha de emprego geralmente é colocada em segundo grupo pelos candidatos.

Antes expor a importância de preencher uma ficha de emprego corretamente, é preciso informar um detalhe.

De acordo com o IGBE, o Brasil tem hoje mais de 14 milhões de desempregados.

Se não bastasse esse número alarmante, todos os anos, milhares de jovens entram no mercado de trabalho, se transformando em novos concorrentes.

Por isso, tenha em mente que há milhões de pessoas como você lutando por emprego.

Todo esforço que puder fazer em cada etapa do processo seletivo, faça sem pensar.

Pois, a concorrência é grande.

Não menospreze a ficha de emprego.

Os profissionais que obtém sucesso são aqueles que levam a sério TODO o processo.

A ficha de solicitação de emprego, ou apenas ficha de emprego, é um documento utilizado no início do processo seletivo.

Em síntese, trata-se de uma série de questões que o candidato precisa responder.

Algumas empresas utilizam esse ficha apenas para saber quantos candidatos tem interesse na vaga.

Com isso, organizar as demais etapas do processo seletivo. 

Entretanto, você pode encontrar empresas que utilizam a própria ficha de emprego como critério de seleção.

Ou seja, nesse caso as respostas da ficha são uma ferramenta para filtrar os candidatos.

Para que serve a ficha de solicitação de emprego?

Como dito anteriormente, para muitas empresas a ficha de solicitação de emprego funciona como um filtro, ou seja, uma etapa do processo seletivo.

Algo ainda não mencionado é que pode ocorrer da ficha de emprego ser um substituto do currículo.

Tenho certeza que agora você começou a roer as unhas e se desesperar pelas vezes que respondeu à ficha de emprego de qualquer forma.

Mas, não se desespere!

Se você fazia errado, agora vai aprender a fazer corretamente.

Algumas empresas utilizam a ficha de emprego completa para que, ao longo de toda a ficha.

O candidato possa incluir as informações mais essenciais inseridas no currículo.

Assim, cada empresa tem autonomia para criar a sua ficha como bem entender.

E ainda, tem total liberdade para utilizá-la ou não como critério de seleção no processo seletivo.

Outra função que a ficha de solicitação de emprego pode assumir é a de desempate.

É bastante comum que, em casos que os recrutadores fiquem divididos entre dois ou mais candidatos, utilizem a ficha de emprego para desempatar e definir um vencedor.

Resumindo, são esses os papéis principais destinados à ficha de solicitação de emprego:

  • Substituta do currículo;
  • Desempate entre candidatos;
  • Pré-seleção.
  • Informativo (sobre a vaga, a empresa, horários, número de vagas disponíveis, etc.).

O que deve ser incluído no formulário de solicitação de vaga?

O formulário de solicitação de vaga, embora seja livre para cada empresa formular o seu próprio, possui uma estrutura mínima básica, com o objetivo de assegurar que ele atinja seu propósito.

Certamente, a empresa possui total autonomia para organizar as perguntas e informações da forma que julgar mais adequada. 

Porém, um bom formulário de solicitação de vaga possui, ao menos, quatro eixos bem delimitados:

  • Campo para identificação da vaga: essa é uma seção inicial básica, que apresenta informações como o nome da vaga, a data em que ela foi aberta, etc.
  • Campo para detalhar a vaga: esse campo também pode aparecer como uma subseção do campo anterior. É o espaço para expor para o candidato quaisquer informações e dúvidas mais essenciais relativas à vaga.

Informações como:

  1. Quantidade de vagas abertas para aquela função;
  2. O horário previsto para o trabalho;
  3. Data para início do trabalho;
  4. Benefícios além do salário;
  5. Faixa salarial;
  6. Caráter da contratação (se é efetivo, um estágio ou trabalho temporário).
  • Campo sobre o perfil do candidato: esse campo permite que as empresas explorem-no da forma que melhor julgarem. 

Algumas empresas colocam apenas perguntas básicas sobre o candidato, outras gostam de ser mais prolixas e fazer uma longa ficha de emprego recheada de perguntas pessoais.

Esse campo é fundamental, pois é nele que está inclusa as perguntas acerca das habilidades e competências do candidato, formação acadêmia, histórico profissional, etc.

  • Campo para falar sobre a empresa: espaço utilizado para abordar os objetivos da empresa, para explicar um pouco mais sobre o departamento relacionado a área, entre outras coisas.

Como preencher um formulário físico?

Preencha o formulário em casa, se possível

Nem sempre será possível, mas, sempre que der, leve a ficha de solicitação de emprego para casa e a responda no seu lar.

O motivo é simples: nos sentimos mais confortáveis em casa.

O ambiente profissional, mesmo que para preencher uma ficha de solicitação de emprego, exerce certa pressão sobre o candidato.

Na sua casa não haverá esse problema.

Vista aquele moletom confortável, pegue uma xícara de café ou chá e dedique um tempo para o preenchimento do formulário.

Vista-se de modo adequado

Se precisar ir até à empresa preencher a ficha de solicitação de emprego, vá vestido adequadamente.

Como já foi dito, a ficha de emprego é parte inicial do processo de seleção.

Logo, podemos considerar que já estará sendo avaliado.

Imagine que está no RH preenchendo a ficha e o seu futuro chefe aparece.

Você não vai querer estar de shorts, chinelo e camiseta do Flamengo.

Não estou dizendo que precisa ir extremamente formal, mas vá apresentável socialmente.

Demonstre ser profissional desde o início do processo seletivo.

Afinal, os recrutadores prestam atenção em cada detalhe.

Leia TODO o documento

É fundamental que você leia cada linha do documento. Se possível, faça perguntas ao RH

Isso demonstra interesse, ou seja, que leu o documento com tamanha atenção a ponto de gerar dúvidas. 

Além disso, lendo inteiramente a ficha de solicitação de emprego, você saberá se está apto a preencher aquela vaga.

Caso você não atenda a algum pré-requisito ou a própria vaga seja em horário indisponível, por exemplo, saberá logo de cara.

Adapte as respostas à vaga

Tenho certeza que, ao pesquisar sobre como se preparar para uma entrevista de emprego, deve ter encontrado algumas informações dizendo para criar roteiros para utilizar nos processos seletivos.

Ou seja, criar respostas prontas e genéricas para qualquer ficha de solicitação de emprego.

Embora o propósito seja ajudar os candidatos, esse é um conselho muito perigoso.

Principalmente pelos recrutadores procurarem perfis diferentes de profissionais.

Ou seja, eles precisam identificar entre as várias opções qual candidato está apto para trabalhar naquela empresa.

Por isso, mesmo na ficha de solicitação de emprego, suas respostas devem ser pensadas exclusivamente para aquela vaga, considerando as particularidades da empresa naquele momento. 

Preencha todos os espaços do formulário

É comum que as pessoas não preencham todos os espaços do formulário, especialmente naqueles formulários muito extensos e prolixos. 

Demanda certo tempo, algumas perguntas são redundantes e optamos por responder apenas o que consideramos ser “essencial”.

Não faça isso!

Além de estar agindo como a maioria dos outros candidatos, não há como saber qual pergunta é a mais importante para o RH.

Imagine deixar de responder justamente à questão central que os Recursos Humanos querem analisar.

Portanto, dedique um tempo a essa tarefa, leia TODO o documento e responda TODAS as questões.

Revise todas as informações descritas

Após ter lido e respondido tudo, dedique mais alguns minutos para fazer uma revisão em seu material.

Se possível, antes de revisar, pare por 10 minutos, tome uma água e só então retorne para realizar a revisão.

O motivo é o seguinte: se você não der um tempo para o cérebro relaxar, é possível que, mesmo fazendo a revisão, certos erros não sejam identificados pelo seu cérebro.

Como a informação está fresca na sua cabeça, o cérebro vai corrigi-la automaticamente, não dando tempo identificar o que está errado.

Como preencher um formulário online?

Candidate-se pelo site

Nos casos em que o formulário é online, o candidato precisa criar uma conta no site da empresa

Dessa forma, conseguirá se candidatar para determinada vaga e efetuar o preenchimento do formulário.

Assim, se você não conseguir mexer no computador, peça ajuda de alguém que possa te instruir a realizar todas as etapas adequadamente.

Faça sua conta, candidate-se à vaga e preencha o formulário.

Leia todo o formulário e não pule as instruções especiais

Daqui para a frente, os procedimentos são bem similares ao preenchimento do formulário físico

Por isso, você também deve ler todo o formulário.

Como é online, geralmente as empresas costumam apresentar um termo sobre uso de dados e imagem. Para dar prosseguimento, o candidato deverá concordar.

Além disso, leia atentamente quaisquer outras instruções. Não saia concordando com tudo sem saber exatamente do que se trata. 

Adéque suas respostas às vagas

Para cada vaga, uma particularidade.

Nada de ir no CTRL C + CTRL V (copiar e colar). Seja autêntico.

Principalmente se as respostas forem abertas, ou seja, se o candidato precisar elaborar a própria resposta e não marcar uma opção.

Preencha todos os espaços do formulário

Novamente, não deixe nada em branco ou mal respondido. 

Independentemente do formulário ser maior ou menor, se estiver realmente interessado naquela vaga, conseguirá dedicar um tempo para respondê-lo adequadamente. 

Revise todas as informações antes de enviar

A revisão é muito importante. É o momento para identificar quaisquer erros ou incoerências.

Assim, faça o mesmo esquema apresentado para o formulário físico.

Pare por 10 minutos, tome um ar, beba água e, finalmente, retorne para o computador e revise TUDO.

Desde o início até a última palavra.

Conclusão

O preenchimento da ficha de emprego é parte integrante do processo seletivo.

Assim, saber como preencher uma ficha de emprego é fundamental para iniciar a candidatura do modo certo.

Se quer assegurar que a vaga seja sua, leve todo o processo a sério e sempre com muito comprometimento e responsabilidade.

Além disso, sempre leia as dicas que lhe forem apresentadas.

Não importa se o formulário é físico ou online, as mudanças entre os procedimentos são mínimas.

Se souber como se portar em um, não terá grandes problemas com o outro.

Espero que tenha aprendido como preencher uma ficha de emprego.

É simples, exige apenas tempo e dedicação para obter sucesso.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You May Also Like