Como Fazer Uma Carta de Apresentação Perfeita? 7 Dicas Práticas Aqui!

Confira no post de hoje 7 dicas de como fazer uma carta de apresentação perfeita e chame a atenção do recrutador antes mesmo da entrevista

Principalmente os mais jovens, erram muito no envio de uma carta de apresentação para conseguir uma oportunidade de trabalho.

Atualmente, as disputas por vagas de emprego estão cada vez mais acirradas. Desse modo, sai na frente quem consegue lidar melhor com elaboração de currículos, confecção de e-mails empresariais, dentre outros atributos.

E você, sabe como fazer um modelo de carta de apresentação? Caso desconheça esse tema, é hora de se inteirar sobre o assunto.

Afinal, os processos seletivos são cada vez mais virtuais. Nesse sentido, compreender o envio de e-mails para recrutadores tornou-se crucial para garantir uma entrevista e continuidade em processos de seleção.

Quer dominar de vez esse assunto? Se sim, leia nossa matéria na íntegra agora sobre carta de apresentação, suas características e como elaborar uma perfeita!

Acompanhe e tenha uma excelente leitura! Continue conosco!

O que é uma carta de apresentação para emprego?

Primeiramente, saiba que a carta de apresentação nada mais é que o corpo do e-mail em que você envia como anexo o seu currículo.

Atualmente, esse item é obrigatório em praticamente todos os processos para envio do seu cartão de visitas profissional.

Desse modo, esse documento (o corpo do e-mail) costuma ter entre 200 e 500 palavras e deve expor de forma clara e direta o porquê o recrutador deve abrir o seu currículo.

Basicamente, neste pouco espaço de escrita você deve:

Carta de apresentação currículo

  • De antemão, se apresentar brevemente;
  • Mostrar o que você é capaz de desenvolver;
  • Bem como, expor a sua motivação para ir atrás daquela vaga.

Em resumo, sempre recomendamos que você tenha em mente duas questões. Antes de mais nada, mostre por que você deseja atuar naquela empresa e em determinado setor.

Ademais, deixe claro o que pode oferecer para a companhia enquanto colaborador daquela organização.

Assim, o recrutador vai entender o seu perfil profissional, lerá o seu currículo e vai saber o que esperar de você em uma futura entrevista.

Afinal, como fazer uma carta de apresentação perfeita? 7 dicas práticas aqui!

carta de apresentação

De antemão, recomendamos que você siga três premissas básicas, que são:

  • Introdução;
  • Contextualização;
  • Motivação.

Ou seja, se apresente brevemente. Contextualize o seu envio de currículo para a vaga que almeja e deixe claro o que te motivou a buscar uma oportunidade na companhia.

Ao passo que você entende esse esquema, saiba agora como escrever uma carta de apresentação perfeita. Confira!

1.      Saiba o que você vai escrever e seja autêntico(a)

Em primeiro lugar, indicamos que você seja você mesmo(a) e que chame a atenção do recrutador para a leitura.

Nesse sentido, o ideal é procurar saber o nome da pessoa que vai ler o currículo. Desse modo, você pode já começar a carta chamando o leitor pelo nome.

Isso demonstra que você buscou informações sobre o RH e que é alguém interessado(a). Ademais, foge daquelas fórmulas prontas e que já estão ultrapassadas.

2.      Use o bom português e seja claro(a)

Além disso, é importante usar a norma culta da língua portuguesa. Entretanto, não precisa escrever difícil e nem usar palavras desconhecidas.

Portanto, escreva corretamente mas sem parecer arrogante e presunçoso(a). Caso seja necessário, use um dicionário de sinônimos e sempre opte por termos menos complicados.

Todavia, não precisa escrever de forma “relaxada” e com gírias. Basta ser claro(a) e direto(a), mas sem usar palavras difíceis, combinado?

3.      Exponha os seus atributos

Sob o mesmo ponto de vista, seja super claro(a) e mostre que você cumpre os requisitos mínimos para ocupar a vaga que almeja.

Nesse sentido, facilita muito para o recrutador continuar a leitura do seu currículo. Por exemplo, Lucas quer ser redator de um portal de notícias.

Porém, a empresa de comunicação pede experiência de 3 anos em sites. Veja como o rapaz pode expor isso na carta de apresentação:

Atendo aos requisitos da vaga, possuo 4 anos de experiência como redator no jornal online (cite o nome) e tenho disponibilidade para viagens, como correspondente internacional.

4.      Deixe claro porque será ótimo ter você em uma equipe

Ademais, é importante deixar logo na carta o porquê ter você em uma equipe pode ser vantajoso para a organização.

Não precisa copiar e colar as suas qualificações do currículo. Na verdade, esse é um erro super comum cometido por vários candidatos.

Na carta, o ideal é apenas pincelar o tema para garantir que o recrutador vá ler o currículo. Portanto, você pode apenas expor que será útil para a expansão da empresa contar com a sua grande qualificação técnica e 3 anos de experiência na área, por exemplo.

5.      Mostre que você conhece a companhia

Esse tópico é essencial para quem quer sair na frente em um processo seletivo. Desse modo, leia notícias, matérias e siga as redes sociais da companhia.

Nesse sentido, você pode citar algum acontecimento recente e contextualizar a sua contratação. Veja um exemplo disso abaixo:

Notei que a empresa cresceu 6,87% no último semestre, segundo a Forbes. Dessa forma, sei que poderei contribuir para esse crescimento também no mundo online, como analista de tráfego de mídias digitais.

Viu só como isso demonstra que você é uma pessoa atualizada e antenada?

6.      Encerre com um agradecimento

Jamais encerre a carta de apresentação apenas com “atenciosamente” ou “até logo”. Desse modo, agradeça a atenção e coloque-se à disposição para tirar eventuais dúvidas.

Nesse sentido, indicamos que você deixe um telefone de contato (até com WhatsApp) no final da carta. Assim, se houver o interesse de conversar contigo, fica mais fácil para o recrutador te contactar.

7.      Se possível, mostre que teve uma indicação

Por último, não tenha vergonha ou receio em expor que você foi indicado(a) por alguém. Atualmente, isso é comum em várias companhias.

Portanto, mostre a sua indicação e use isso a seu favor. Desse modo, recomendamos que você escreva algo como seu nome e indicação do “fulano” no assunto do e-mail.

Ademais, essa informação pode também ser inserida no corpo do e-mail, em um parágrafo como:

Olá Juliana, conversei com a Natália Dias e ela me recomendou falar com você porque tenho interesse em atuar na área de Administração da organização.

Modelo carta de apresentação abaixo

Após ler as nossas 7 dicas para fazer uma carta de apresentação maravilhosa, é hora de ver um modelo! Dessa forma, você vai assimilar melhor as sugestões que deixamos acima. Confira!

Coloque o seu nome completo aqui

Escreva a vaga que deseja

Telefone

E-mail

Endereço no LinkedIn

Prezado [coloque o nome do recrutador],

Tenho interesse em ocupar a vaga [cite aqui] na empresa [insira o nome], pois compactuamos com valores similares, como [aponte valores que ambos possuem].

Como [cite o cargo que você ocupa ou já ocupou] por 2 anos, fui capaz de [exponha uma excelente conquista na área].

Além disso, consegui [mostre outra vitória menos importante que a primeira, todavia, que poderá valorizar a sua imagem].

Em resumo, segue anexo o meu currículo e gostaria de ter a oportunidade de uma entrevista para expor mais os meus atributos e como poderei beneficiar a sua companhia.

Atenciosamente,

Assine o seu nome.

Erros comuns em cartas de apresentação

carta de apresentação

Estamos já quase no fim do artigo de hoje. Entretanto, não podemos encerrar essa matéria sem citar brevemente os erros mais comuns em carta de apresentação.

Nesse sentido, anote as dicas abaixo e jamais cometa os 5 erros que vamos citar agora. Veja!

Ser muito vago(a)

Primeiramente, deixe claro para que vaga quer se candidatar e porquê. Afinal, a empresa pode ter dezenas de vagas em aberto.

Assim, se você não for específico(a) talvez não consiga chamar a atenção do recrutador e pior, pode até perder a chance de uma entrevista por ser muito genérico(a).

Enviar a carta sem revisar

Erros de português e até erros de digitação são mais comuns do que imaginamos. Dessa forma, sempre revise os seus textos e e-mail antes de enviar.

Mandar textos sem revisar mostra que você não é profissional ou que não tem atenção às suas tarefas. Portanto, sempre revise tudo: carta de apresentação, currículos, posts no LinkedIn, etc.

Demonstrar excesso de confiança

Além disso, lembre-se de que você está expondo os seus atributos e não vendendo um serviço ou produto.

Dessa forma, jamais use jargões como “se não me contratar, estará perdendo um grande funcionário” ou “nenhum candidato(a) é melhor que eu”.

Isso é desrespeitoso e é totalmente antiético. Em síntese, mostre as suas qualificações e demonstre que poderá ser um ótimo colaborador.

Enviar memes ou piadas junto com a sua carta

Nunca use o bom humor nesse tipo de situação. Ou seja, nada de enviar uma piadinha ou GIF de meme na sua carta de apresentação.

Observe o processo de seleção

Caso não receba nenhuma resposta em até 15 dias, procure saber com a companhia como está o processo seletivo. Desse modo, não deixe para lá e ignore o silêncio. Busque um feedback.

Aprendeu a elaborar corretamente uma carta de apresentação? Para saber mais sobre currículos, mercado de trabalho e desenvolvimento pessoal, fique de olho no Via Fortuna.

Em nosso portal, você poderá ver as melhores matérias sobre esses temas, conte sempre conosco!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You May Also Like