Como Fazer Marketing Pessoal? Confira Tudo Sobre O Tema Aqui!

Saber como fazer marketing pessoal é uma grande necessidade aos profissionais dessa década.

Afinal, estamos cada vez mais expostos.

Nesse sentido, o uso das redes sociais e a divulgação de fotos e vídeos, podem ser muito positivos para a sua imagem.

Entretanto, tanta visibilidade também pode gerar transtornos se você não souber como agir diante das redes e de canais de interação.

Afinal, você entende a importância de entender mais sobre esse assunto?

Ademais, você sabe o que é marketing pessoal e como usá-lo a seu favor?

Para dominar o tema, veja nossa matéria até o final e saia daqui com ótimas dicas!

Confira e ótima leitura!

O que é marketing pessoal?

O que é marketing pessoal?

Primeiramente, vamos entender direitinho sobre o que estamos falando.

O marketing pessoal consiste em técnicas de marketing voltadas para a promoção do indivíduo.

Ou seja, ele visa promover a pessoa e não uma empresa ou organização.

Desse modo, saber como fazer marketing pessoal é importante para que você possa se destacar enquanto pessoa e/ou profissional.

Qual é o principal objetivo do marketing pessoal?

Conforme citamos acima, o principal objetivo do marketing pessoal é gerar destaque para uma pessoa.

Contudo, isso existe para:

  • Fortalecer a imagem positiva que a pessoa gera;
  • Fazer com que o indivíduo se torne uma autoridade em determinada área ou assunto;
  • Bem como, visa enaltecer a boa reputação que a pessoa tem;
  • Além disso, o marketing pessoal gera audiência e credibilidade.

De maneira resumida, as redes sociais e marketing pessoal são úteis para que você se torne visto(a) e requisitado(a).

Dessa forma, com boas estratégias de marketing pessoal você pode:

  • Atrair as pessoas para te seguirem e darem atenção ao seu trabalho;
  • Bem como, é possível mostrar em que você trabalha e quais são as suas competências;
  • Por fim, você gera confiança e fideliza clientes e seguidores.

O que o marketing pessoal não deve ser? Evite erros!

Em contrapartida, é muito importante que você saiba o que não se deve fazer em relação a isso.

Afinal, não basta sair postando coisas na internet e achar que isso é marketing pessoal.

Nesse sentido, anotamos alguns erros muito comuns que algumas pessoas cometem logo que começam a querer se promover.

Veja os principais:

Não ter nenhuma estratégia

Erro no marketing pessoal: Não ter nenhuma estratégia

Antes de mais nada, o marketing pessoal assim como o marketing tradicional exige estratégias.

Assim, se você deseja fazer um bom trabalho, precisa se orientar sobre o assunto.

Sobre isso, temos algumas dicas simples e práticas, como:

  • Tenha um perfil profissional no Instagram e uma página no LinkedIn;
  • Poste sempre nos mesmos horários e observe os “insights” (relatórios) do Instagram sobre as suas postagens;
  • Para ter melhores resultados, busque informações e trace estratégias sobre como conquistar mais seguidores, por exemplo.

Não interagir com o público

Outro grande erro de principiante, é só falar de si mesmo(a) nas redes.

Além de ser maçante, isso gera uma ideia de arrogância.

Nesse sentido, divulgue o seu trabalho e espero o feedback do público.

Em resumo, saber como fazer marketing pessoal é diferente de se autopromover o tempo todo, combinado?

Focar só no trabalho

Sob o mesmo ponto de vista, é interessante que você se exponha da maneira correta.

Desse modo, você não deve só falar sobre seus produtos e/ou serviços.

Vamos a um exemplo claro sobre isso:

Luíza é escritora e deseja vender livros e e-books que já possui.

Para isso, ela cria uma página de “Criadora de conteúdo / Autora” no Instagram.

Nesse sentido, Luíza não deve só postar fotos dos livros com os preços.

Afinal, para isso basta pagar anúncios online, não é mesmo?

Recomendamos que Luíza faça uma estratégia, como:

  • Postar todos os dias 2 fotos no feed. Ela pode dar dicas de escrita, publicar pequenos trechos dos livros, etc;
  • Ademais, a autora pode mostrar um pouco da sua rotina criativa nos stories;
  • Bem como, Luíza pode fazer séries de textos semanais para divulgar para os seus seguidores.

Viu só como é possível mesclar vida íntima e profissional e aprender a como fazer marketing pessoal?

Quais atitudes podem ser negativas para o marketing pessoal nas redes sociais?

Quais atitudes podem ser negativas para o marketing pessoal nas redes sociais?

Agora, vamos te mostrar algumas ações que podem ser muito ruins para a sua imagem profissional/pessoal.

Nesse sentido, anote essas dicas e fique de olho nas suas redes sociais.

Afinal, vamos usá-las como exemplo e você saberá o que deve ser evitado ao máximo!

Confira!

Não fique agindo como interesseiro(a)

Primeiramente, recomendamos que você nunca siga apenas empresas ou recrutadores.

Ou seja, se você deseja trabalhar em uma empresa, não siga os gerentes e donos e fique mandando mensagens.

Além de ser uma situação constrangedora, isso fechará as portas do local para você.

Se você deseja trabalhar na multinacional X, o ideal é que:

  • Siga a página do local em todas as redes e interaja normalmente. Comente os posts, fotos e vídeos da instituição;
  • Bem como, siga a organização no LinkedIn. Participe de grupos de discussão e fóruns propostos pela empresa.

Em síntese, seja notado mas nunca “force” a barra.

Cuidado com posts sobre religião e política

Outro ponto que exige muita atenção são as suas preferências políticas e religiosas.

Desse modo, indicamos que você evite ao máximo expor suas posições sobre esses temas.

Use as suas redes como uma forma de se mostrar como profissional e demonstrar o seu trabalho.

Nesse sentido, você pode ter uma rede privada apenas para amigos e familiares e lá sim, expor um pouco mais sobre si mesmo(a).

Fique atento(a) em festas e locais de descontração

Por fim, cuidado com excesso de bebidas e festas sem hora para acabar.

Há pessoas que “perdem o ponto” e exageram na bebida e nas “brincadeiras”.

Contudo, atualmente tudo vai para os stories e para as redes sociais.

Ou seja, cuidado com a impressão que você pode causar.

Quais são as maiores dificuldades na construção do seu marketing pessoal?

Ter uma boa visibilidade no mercado de trabalho não é fácil.

Assim, dentre as maiores dificuldades sobre como fazer marketing pessoal temos:

  • Aprender a mesclar vida pessoal e profissional corretamente;
  • Ter autocrítica e saber o que deve ou não deve ser postado;
  • Entender cada vez mais sobre o seu trabalho e sobre a imagem que você deseja passar para as pessoas.

O que faço para gerar confiança no ambiente de trabalho? Dicas práticas!

O que faço para gerar confiança no ambiente de trabalho? Dicas práticas!

Pessoal, depois de entender o que é marketing pessoal e o que não deve ser feito, vamos em frente!

Desse modo, iremos te passar algumas dicas super práticas sobre como você pode gerar confiança no ambiente de trabalho através de técnicas de marketing pessoal.

Assim, seja você um trabalhador fixo, autônomo ou empresário, as sugestões abaixo são úteis e exigem atenção.

Veja:

Tenha objetivos definidos

Inicialmente, você precisa ter em mente o que você quer com o marketing pessoal.

Ou seja, você deseja ser promovido?

Ou você é autônomo e sonha em ter mais clientes?

Veja um exemplo sobre essas indagações:

Luciano é fotógrafo e atua como autônomo.

Para conquistar novos clientes, ele tem uma página no Instagram e Pinterest e nelas posta:

  • Fotos de trabalhos realizados (com autorização dos clientes, é claro);
  • Faz enquetes sobre quais os melhores cliques de um ensaio;
  • Realiza sorteios de ensaios para os seguidores;
  • Bem como, dá dicas para quem deseja iniciar na profissão.

Ou seja, ele tem como objetivos ter mais clientes e ser reconhecido pelo ótimo trabalho que realiza.

E você, o que deseja com marketing pessoal?

Estude e seja uma referência

Além disso, é essencial que você estude muito sobre a sua área de atuação.

Vale ressaltar que ser pós-graduado ou especialista pode abrir muitas portas para você.

Dessa forma, dedique-se a estudar ao menos uma hora por dia e se atualize sempre.

Veja outro exemplo que pode de ajudar:

Maria é jornalista e trabalha atualmente como redatora de textos para um site.

Nesse sentido, as suas redes são voltadas para criação de conteúdo para sites e blogs.

Assim, Maria estuda português, Copywriting e sabe tudo sobre as redes sociais.

Afinal, ela deseja atuar em um grande portal ou até mesmo ter o seu próprio site!

Faça conteúdos relevantes

Ademais, é fundamental criar conteúdos úteis para o seu público.

Ou seja, não poste sem critério e qualquer coisa, só para “encher o feed”.

As pessoas percebem isso e não curtem nem comentam nada.

Recomendamos que você sempre pense antes de postar e só poste coisas bacanas.

É claro que você não precisa só falar de trabalho 100% do tempo, porém, não desperdice o espaço que você tem na internet só com memes e selfies.

Gere engajamento

Em resumo, ao postar coisas relevantes, você gera engajamento.

Desse modo, as pessoas irão gostar de interagir com você e irão notar o seu trabalho.

Assim, você conquista mais seguidores e mostra o que tem de melhor!

Curtiu nosso post sobre como fazer marketing pessoal?

Acompanhe o nosso site diariamente!

Estamos sempre em busca de novidades e sugestões para te ajudar a crescer no mercado de trabalho!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You May Also Like