Como Evitar Burnout 2021: Aprenda Agora Tudo Sobre o Esgotamento Profissional

Saiba na matéria de hoje como evitar Burnout e evite o esgotamento profissional. Desse modo, tenha mais produtividade e melhor qualidade de vida!

Na matéria de hoje vamos te mostrar como evitar Burnout é perfeitamente possível e extremamente necessário para a sua carreira.

Todavia, antes de expor como fazer isso, precisamos esclarecer tudo sobre essa síndrome. O transtorno foi recentemente incluído como uma doença na lista da OMS (Organização Mundial da Saúde) e deu luz a um problema muito sério.

Nesse sentido, se sentir cansado(a) depois de uma semana ou mês atarefado é super normal. Bem como, é comum que fiquemos exaustos depois de uma viagem à trabalho ou após um dia cheio de reuniões.

Entretanto, quando o estresse no trabalho vira uma rotina, o esgotamento profissional pode bater à porta e aí as coisas se complicam.

Desse modo, saiba que a prevenção é o melhor remédio e uma das melhores ferramentas sobre como evitar Burnout é a informação.

Acompanhe nossa matéria até o final e fique por dentro de todas as características, riscos e meios de evitar esse problema. Confira e tenha uma ótima leitura!

Quais são as principais características da Síndrome de Burnout?

De antemão, saiba que esse termo ficou conhecido graças ao psicólogo norte-americano Herbert J. Freudenberger que citou a doença ainda na década de 70.

Segundo Herbert, a Síndrome de Burnout é um problema de exaustão profunda. Ademais, isso ocorre depois de longos períodos de estresse no ambiente profissional.

Essa síndrome é caracterizada pelos seguintes problemas:

Como podemos evitar a síndrome de burnout

  • Sentimento de baixa energia (física e mental);
  • Sensação de exaustão constante;
  • Bem como, aumento da negatividade diante das adversidades profissionais;
  • Ademais, há casos de queda abrupta do rendimento profissional.

Como provar Síndrome de Burnout? (sinais)

Além disso, existem alguns sinais que você (e todos nós) pode perceber em si mesmo(a) ou em colegas de trabalho.

Observe alguns indícios que deixa claro que um profissional está passando por esse distúrbio:

Como os aspectos da síndrome de burnout podem ser evitados

  • Ansiedade e até algumas crises de pânico;
  • Depressão e tristeza injustificável;
  • Ausência de memória de curto e médio prazo;
  • Sensação de cansaço constante (mesmo depois do final de semana e até mesmo após as férias);
  • Irritação diária e falta de paciência com os colegas e com a chefia;
  • Aumento do apetite ou total falta de vontade de se alimentar;
  • Bem como, pessoas com Síndrome de Burnout tendem a desenvolver distúrbios do sono.

Em síntese, são muitos os sinais deste distúrbio mental que deve ser encarado com seriedade. Nesse sentido, precisamos destruir o tabu de que problemas mentais são “bobagens” ou falta de trabalho.

Por isso, aos menores indícios desse problema, busque ajuda médica e se cuide!

Consequências do Burnout para as empresas

A saúde mental no trabalho é essencial para o bom andamento de uma companhia. Desse modo, a Síndrome de Burnout acarreta sérias consequências para as empresas, tais como:

Burnout como evitar no trabalho

  • Primeiramente, um colaborador nessa situação tem uma queda no rendimento. Assim, a rotina de trabalho fica comprometida;
  • Além disso, há diversos casos em que toda a equipe e até mesmo um setor têm queda da produtividade;
  • Em muitos casos, um funcionário com esse problema fica extremamente hostil e se irrita facilmente com os colegas;
  • Ademais, esse distúrbio pode atingir desde cargos operacionais até a presidência de uma organização. Assim, de acordo com a vaga que alguém com Burnout ocupa, a empresa pode ter prejuízos financeiros, de parcerias com outras companhias e até mesmo com fornecedores;
  • Por fim, trabalhadores de profissões mais arriscadas como aviação e mineração, precisam ainda ter mais atenção a si mesmos e serem observados de perto pelas empresas. Afinal, colaboradores adoentados podem cometer erros graves e que até colocam vidas em risco.

Como lidar com uma pessoa com Síndrome de Burnout?

Como evitar Burnout

Antes de mais nada, após identificar os sinais que citamos acima, é necessário conversar com a pessoa que tem o problema. Assim, a Inteligência emocional é fundamental neste momento.

Caso você perceba que está com os sintomas supracitados, busque uma ajuda profissional o quanto antes. Todavia, se for seu colega ou funcionário, veja como lidar com essa pessoa:

Síndrome de Burnout como evitar que ocorra

  • Inicialmente, converse com ele(a) e exponha a sua preocupação sincera diante do problema;
  • Ademais, mostre que isso é relativamente comum e que é perfeitamente possível levar uma vida mais saudável;
  • Indique sites (como este) e outros para que a pessoa note que ela realmente está passando por um problema de saúde;
  • Bem como, recomendamos que aos sinais de Burnout um psicólogo seja contatado o quanto antes. Desse modo, o agravamento da doença será evitado.

Como evitar o Burnout

Sob o mesmo ponto de vista, além de notar os indícios do problema, precisamos ficar de olho para evitá-lo. Nesse sentido, fizemos uma pesquisa ampla e vamos te mostrar como evitar Burnout. Veja:

Para empresas

A prevenção e cuidados com os colaboradores deve ser um dos pilares de qualquer companhia. Afinal, o adoecimento deles prejudica diretamente o rendimento e lucro da empresa.

Portanto, entenda abaixo como uma organização pode evitar a Síndrome de Burnout:

Como evitar que meus colaboradores desenvolva a Síndrome de Burnout

  • Primeiramente, é indispensável contar com um Programa de Saúde. Desse modo, é possível entender melhor como está a saúde física e mental dos colaboradores;
  • Bem como, indicamos que as empresas tenham psicólogos e médicos que possam orientar os colaboradores no dia-a-dia e, principalmente, em momentos decisivos e que possuem alta carga de estresse;
  • Por fim, recomendamos que as companhias tenham bom senso e cuidado com a saúde dos seus colaboradores. Nesse sentido, é essencial limitar as horas extras, impedir o excesso de trabalho fora do expediente e tomar outras atitudes que impeçam a sobrecarga mental dos funcionários.

Para você

Ao passo que a empresa toma tais ações, é imprescindível que você também tenha autoconhecimento e inteligência emocional. Desse modo, poderá evitar passar por esse terrível problema.

Confira mais sobre isso no tópico a seguir, continue a leitura!

Burnout: como evitar o esgotamento no trabalho?

Sem mais delongas, veja algumas dicas eficazes sobre como evitar Burnout:

Sono adequado

De antemão, saiba que a privação de sono é terrível para qualquer ser humano. Nesse sentido, indicamos, a partir de pesquisas médicas, que você durma pelo menos 7 horas por noite.

Afinal, o seu cérebro e corpo precisam dessa “pausa” para funcionar bem e tomar boas atitudes ao longo do dia. Olhe só algumas sugestões para ter uma boa noite de sono:

Como fazer para evitar o Burnout

  • Não fique vendo TV ou no celular antes de ir para a cama;
  • Evite beber café e refrigerantes 4 horas antes de dormir (essas bebidas são estimulantes);
  • Depois das 20 horas, evite consumir bebidas alcoólicas e alimentos muito pesados e encorpados.

Alimentação balanceada e prática de atividades físicas

Além disso, inclua na sua rotina a prática de atividades físicas e tenha uma alimentação balanceada.

Pessoal, isso parece algo simples, porém, é bastante sério. Pessoas sedentárias e com sobrepeso correm mais riscos de diversas doenças devido a suas condições físicas.

Ademais, as atividades físicas ajudam a relaxar a mente e a espairecer as nossas ideias.

Ou seja, caminhe um pouco, leve seu cachorro pra passear ou dance todos os dias um pouquinho. O importante é se mexer e evitar o sedentarismo!

Tenha uma agenda (e cumpra-a)

Por fim, sempre recomendamos aos nossos leitores que se organizem. Afinal, pessoas organizadas conseguem evitar a sobrecarga de trabalho e se mantêm dentro dos prazos estabelecidos.

Assim, indicamos que você tenha uma agenda profissional e pessoal. Desse modo, estabeleça horários e prazos razoáveis. Bem como, tenha dias e horários para trabalhar.

Bônus: atenção redobrada se você é autônomo ou freelancer!

Sob o mesmo ponto de vista, os freelancers ou profissionais autônomos precisam de ainda mais atenção com a agenda!

Nesse sentido, tire ao menos uma folga por semana e fique de olho nos horários de trabalho! Lembre-se de estabelecer limites e saiba que devagar se vai ao longe. Em síntese, nunca se sobrecarregue!

Como evitar o esgotamento emocional?

Como evitar Burnout

Por último, precisamos te mostrar como evitar o esgotamento profissional nos dias atuais. Mesmo diante de um cenário profissional competitivo e estressante, você pode ter qualidade de vida e trabalhar em busca dos seus sonhos. Veja como:

Saiba como evitar o Burnout

  • Aprenda a dizer “não” para excesso de trabalho, prazos muito apertados e tarefas que você sabe que não poderá fazer;
  • Bem como, opte por trabalhar em algo que você ama e que te faça feliz. Desse modo, fica mais fácil atuar na área e trabalhar por horas a fio diariamente naquilo;
  • Além disso, recomendamos que você faça pausas ao longo do dia de trabalho. Pode ser para um copo d’água ou para tomar um ar. Ah! Se você trabalha em home office, vá para a área externa da casa ou apartamento e dê uns minutinhos para a sua mente;
  • Por fim, avalie se você realmente trabalha com o que ama. Caso contrário, seja sincero(a) com você mesmo(a) e pense na possibilidade de buscar um novo emprego. Afinal, a infelicidade é um dos principais fatores para o esgotamento profissional.

Entendeu como evitar Burnout? Deixe seu comentário abaixo e nos conte se você já passou ou passa atualmente por um período de esgotamento profissional. Suas opiniões e experiências são muito importantes para nós!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You May Also Like