Como Escrever Uma Carta de Recomendação: Modelos E Dicas

ViaFortuna - Como Escrever Uma Carta de Recomendação

Entenda como escrever uma carta de recomendação corretamente

Aprender como escrever uma carta de recomendação é um ponto importante para garantir um bom reconhecimento.

Visto que, é por ela que a competência da pessoa em questão é assegurada.

Quando você deseja entrar em um emprego ou curso novo, utilizar esse meio é necessário.

Pois, ele valida todo o seu esforço e desempenho até o momento.

Assim, é normal que haja pedidos de cartas de recomendações, quando o currículo está sendo elaborado.

Quando deve ser usada carta de recomendação

Carta de Recomendação: Entenda Melhor

O que é uma carta de recomendação?

Ao avaliar um candidato, é comum que o RH solicite uma carta de recomendação.

Porquanto, ela é um documento usado para indicar um profissional a um possível empregador.

Futuros alunos que almejam vagas em instituições de ensino ou intercâmbio também recorrem à ela.

Além disso, pode ser utilizada em outras finalidades, desde que haja a intenção de recomendar alguém.

Esse documento demonstra a qualificação profissional da pessoa, sendo mais subjetiva do que um diploma.

Ou seja, trata-se de uma avaliação redigida pelo antigo empregador, um superior ou ex-colega.

Quando a mesma é para um fim institucional, pode ser escrita pelo próprio candidato ou por um professor.

Por isso, é importante saber como escrever uma carta de recomendação.

Dado que, isso garantirá que a vaga seja garantida de alguma forma.

Sua serventia está ligada ao conhecimento da instituição sobre o candidato.

Logo, é preciso que haja a descrição das experiências anteriores e contatos mais próximos.

Além disso, apresentar detalhes sobre seus interesses pode trazer um grande peso.

Utilizar essa ferramenta pode não ser obrigatório durante o envio de um currículo.

No entanto, fornecê-la para a empresa fará com que ela saiba o que esperar de você.

Dessa forma, saber como escrever uma carta de recomendação aumenta sua credibilidade.

Quando deve ser usada

Para requisitar a mesma, é preciso haver um motivo plausível e fundamentado.

Já que, para ser feita, é necessário ter um conteúdo e uma pessoa ou instituição determinados.

Ou seja, quando precisamos de algum tipo de recomendação para conseguirmos conquistar algo.

É comum utilizar esse tipo de carta quando há o desejo de ingressar em alguma empresa.

Por isso, pessoas que tiveram contato com o candidato costumam ser requisitadas.

Logo, saber como escrever uma carta de recomendação é importante para todos.

Ao enviar um currículo, ter o apoio da mesma pode ser fundamental para conseguir o cargo.

Então, mesmo que não seja um requisito obrigatório, o RH da empresa conhecerá melhor seu trabalho.

Nos casos ligados ao estudo, a escrita pode ser feita pelo próprio estudante ou seu professor.

Assim, o ponto importante para a confecção é o empenho do mesmo diante da escola.

Existem outros momentos em que esse gênero textual é requisitado.

Mas, o importante é entender que não são frequentes e a confecção precisa de cuidado.

Pois, será ele que permitirá que seu desejo se realize.

Pode-se afirmar que esse tipo de texto é feito em momentos específicos.

E, com isso, existem pessoas que acabam não sabendo como escrever uma carta de recomendação.

Portanto, analise bem suas opções antes de pedir para que alguém o faça.

Quais informações têm em uma carta de recomendação

Existem informações básicas que precisam estar presentes em uma carta de recomendação.

Sendo assim, mantenha-se atento para ter certeza de que não deixará a mesma incompleta.

Por isso, acompanhe a lista a seguir sobre tópicos indispensáveis.

  • Local e data de emissão da carta;
  • Nome e CNPJ da empresa que está recomendando o profissional;
  • Identificação da pessoa que recomenda, com os dados de contato;
  • Tempo de permanência na antiga empresa;
  • Histórico das competências e habilidades do candidato;
  • Assinatura do responsável pelas informações declaradas, contendo o nível de relacionamento com o profissional.

Como escrever a carta a partir disso?

Entender como escrever uma carta de recomendação passa a ser fácil após coletar esses dados.

Visto que, ela terá como corpo a descrição do tipo de trabalho que era fornecido pelo candidato.

No início, é importante saudar o escritório de admissão, apresentando-se.

Após isso, indique o cargo que a pessoa possuía, deixando claro sua relação com ela.

Além disso, avalie seu trabalho de forma coesa, sendo esse o foco da carta.

Concentrar-se na capacidade que o profissional ou estudante possui é imprescindível para seu reconhecimento.

Portanto, não deixe de esclarecer seus pontos fortes e deixar claro como cada um deles ajudou a empresa.

Ao seguir estes passos, poderá afirmar que sabe como escrever uma carta de recomendação.

Com isso, executará a mesma da forma correta, ajudando seus colegas, alunos ou ex-funcionários.

Quem deve fazer e quem deve receber

Como explicado anteriormente, a carta de recomendação não pode ser feita por qualquer pessoa.

Ou seja, dependendo do contexto, você não pode pedir para um amigo escrevê-la.

Um texto vinculado ao lado profissional precisa ser redigido por alguém com quem teve contato de trabalho.

Logo, é aconselhável que recorra ao seu ex-chefe, algum superior ou um ex-colega.

Claro que é necessário que a pessoa em questão saiba como escrever uma carta de recomendação.

Pois, seu futuro dependerá disso, fazendo com que a mesma não possa ser escrita de qualquer forma.

No caso de textos ligados à área acadêmica, é possível pedir a ajuda de alguém mais próximo.

Como, por exemplo, um amigo ou professor que conviva por bastante tempo com você.

Além disso, pode haver casos em que a própria pessoa escreve sua carta.

No último caso citado, a mesma pode se transformar em uma apresentação.

Por essa razão, não é tão indicada em algumas situações.

Obter conhecimento sobre como escrever uma carta de recomendação faz com que possa ajudar pessoas próximas.

Assim, o crescimento das mesmas poderá ocorrer no trabalho e nos estudos.

O texto deve ser enviado para a empresa ou instituição que está fornecendo alguma vaga.

Dessa forma, eles poderão conhecer a personalidade do candidato e definir se é uma boa escolha.

Quem deve assinar a carta de recomendação?

A carta deve ser assinada pela pessoa que a produziu, fornecendo a declaração de responsabilidade pela mesma.

Ou seja, com essa área do texto, o futuro empregador saberá a veracidade do conteúdo.

Não é qualquer pessoa que sabe como escrever uma carta de recomendação ou que pode o fazer.

Logo, a assinatura também não é feita por alguém que não possui essa possibilidade.

Pode-se entender que a assinatura é feita pelo profissional que digitou o texto.

Com isso, fica fácil entender o nível de confiança que o mesmo possui.

Como conseguir carta de referência do último emprego?

O momento ideal para solicitar uma carta de recomendação é após assinar a rescisão do contrato de trabalho.

Além disso, procure saber se pode enviar um modelo para ajudar na execução da mesma.

Após a solicitação, a tarefa é determinada para alguém que sabe como escrever uma carta de recomendação.

No entanto, tenha sempre em mente que conseguir que o superior o faça é a melhor opção.

Normalmente, as pessoas pedem a mesma à antiga empresa quando o novo empregador exige.

Contudo, isso não dá tanta segurança quanto o fazer enquanto ainda tem contato com a mesma.

Como colocar no currículo que foi indicado por alguém?

A indicação é feita por uma pessoa que sabe como escrever uma carta de recomendação, como já explicado.

Porém, é possível colocar, de forma explícita, na descrição do seu currículo que existe esse outro documento.

O indicado é anexar os dois juntos, para que a empresa já tenha contato com os mesmos.

Mas, nada impede de deixar declaro dentro do primeiro que há a recomendação de determinado profissional.

Na hora de expor esse fato, não deixe de colocar a empresa e o cargo exercido pelo responsável.

Com isso, mostrará o valor que sua carta possui e a confiança que o autor tem em você.

Modelos de carta de recomendação

Consultar os modelos é uma boa alternativa para compreender como escrever uma carta de recomendação.

Por isso, separamos como é feita a estruturação de cada contexto em que o texto pode ser usado.

Carta de recomendação de colega

Nesse caso, deixe claro que se trata de um colega, identificando o cargo ocupado.

Além disso, mostrar o tempo em que trabalharam juntos é fundamental.

Carta de recomendação genérica

Pode ser usada em distintas ocasiões e não deve deixar de conter nenhuma das informações principais.

Ou seja, precisa seguir a ordem mencionada no tópico sobre as necessidades dentro dela.

Deve ser feita apenas caso a pessoa saiba como escrever uma carta de recomendação.

Visto que ela irá atestar a integridade moral do candidato em questão.

Modelo de carta de recomendação acadêmica

É preciso mencionar o curso ou programa que o aluno deseja se candidatar.

Além disso, vale reforçar o porquê dele ser apto para fazer parte do mesmo.

Exemplos de carta de recomendação

Após compreender como cada tipo de texto desse gênero, é preciso ver como ela é feita.

Por isso, separamos dois exemplos, para facilitar o entendimento sobre como escrever uma carta de recomendação.

Para Secretária

Prezado Sr./Sra.

Atesto que a Sra. Maria Silva trabalhou como Secretária na Empresa XYZ no período compreendido entre 12 de agosto de 2011 até 20 de abril de 2017.

Durante este tempo em que ela fez parte da nossa equipe, demonstrou integridade, profissionalismo e elevada inteligência emocional para lidar com situações potencialmente estressantes. Destaco também duas excelentes capacidades de relacionamento interpessoal e comunicação.

Fico à disposição para maiores esclarecimentos nos contatos abaixo.

Atenciosamente,

Junior Souza.

Diretor

Telefone (11) 9999-9999

Email: juniorsouza@internet.com.br

Para cozinheiro

Prezado Sr./Sra.

Atesto que durante o período de 02 de março de 2005 até 25 de dezembro de 2018, o Sr. Júlio Caetano, CPF: 999.999.999-99, exerceu na empresa XYZ Ltda. a função de cozinheiro. Sempre demonstrando possuir os conhecimentos necessários para exercer suas tarefas com forte senso de responsabilidade, organização e agilidade.

Informo ainda que o motivo da saída de Júlio Caetano foi pelo fechamento da nossa filial em Pernambuco. Não existindo nada que desabone a sua conduta profissional.

Fico à disposição para maiores informações sobre seu desempenho profissional.

Carla Juvêncio

Gerente de Operações

Telefone: (11) 9999-9999

Email: carlajuvencio@internet.com.br

5 dicas para fazer uma ótima carta de recomendação

O próximo passo para saber como escrever uma carta de recomendação é entender algumas dicas.

Por isso, separamos as cinco mais importantes para que seu texto saia como deve.

  • Certifique-se de que o conteúdo esteja adequado à vaga para qual está se candidatando;
  • Garanta que haja descrições positivas sobre o trabalho;
  • Elenque as qualidades e explique como elas ajudam;
  • Deixe explícito o quanto a pessoa colaborou para a empresa;
  • Mostre que está disponível para tirar dúvidas sobre o candidato.

Faça uma carta de recomendação

Após a leitura do texto, pode-se afirmar que saiba como escrever uma carta de recomendação.

Portanto, não tenha medo de colocar os pontos aprendidos em prática e ajudar seus colegas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You May Also Like