Como Colocar Referência No Currículo: 2 Exemplos Para Fazer Perfeito

Colocar referência no currículo é uma ferramenta que pode ser amplamente explorada no currículo

Saber como colocar referências pessoais no currículo trata-se de algo muito importante; haja vista que, apesar de não existirem normas rígidas quanto a isso, é importante se atentar para alguns detalhes.

Venha conosco, neste incrível texto, e descubra tudo para que possa colocar referência no currículo e impressionar os recrutadores. 

O que são as referências no currículo

O que são as referências no currículo

Colocar referência no currículo é algo que pode fazer toda a diferença, e assegurar que você consiga a vaga tão almejada. 

Mas, você sabe exatamente o que são as referências no currículo?

As referências, dentro de um currículo, nada mais são que indicações de contatos, pessoas, que irão falar bem sobre você e sua atuação profissional. 

Para quem já fez trabalhos acadêmicos, provavelmente, o termo ‘referências’ lhe é familiar.

Basicamente consiste em identificar, ao final do trabalho, cada um dos autores, livros e obras, de onde retirou suas ideias. 

No currículo, as referências cumprem papel semelhante. 

São elas quem irão comprovar, na prática, todas as informações que você listou em seu currículo.

Para que podem servir as referências?

Por exemplo, digamos que você coloca no currículo que é alguém extremamente bom em gerenciar conflitos e trabalhar em equipe

Em seguida, você seleciona algumas referências e as insere. O recrutador, querendo comprovar se você é realmente aquilo que diz ser, entra em contato com uma dessas referências. 

Entretanto, essa pessoa fala todo ao contrário aquilo que você mencionou no currículo.

Diz que você é uma pessoa com uma personalidade difícil e que não gosta de trabalhar em equipe. 

Nessa situação hipotética, quais são as chances do recrutador te contratar após esse fiasco?

Além de o recrutador ficar com uma péssima imagem de você, também poderá ser rotulado de mentiroso; uma vez que aquilo que escreveu no papel, não condiz com a realidade. 

Por este motivo, como você já deve ter percebido, não basta apenas colocar referência no currículo.

Precisa também saber como colocar referência profissional no currículo e como escrever as referências no currículo

Quando devo colocar referências no currículo? 2 momentos certos

Quando devo colocar referências no currículo? 2 momentos certos

Saber como colocar referência profissional no currículo, implica também em reconhecer, quando essas referências precisam serem inclusas. 

Ou seja, em quais situações é adequado colocar referência no currículo.

1 – Quando a empresa o solicita

O primeiro caso em que você deve colocar referência no currículo é quando a própria empresa faz essa solicitação. 

É mais comum que as empresas façam esse pedido, quando o cargo para o qual está disputando, é de chefia ou de grande importância para aquela empresa.

Em situações assim, é possível que, na própria descrição da vaga a empresa insira uma frase do tipo “adicionar referências ao currículo”. 

2 – Quando você simplesmente tem uma boa referência que pode aumentar suas chances

Mas, quando a empresa não faz essa solicitação; como saber quando devo colocar referência no currículo?

Sempre que tiver uma excelente referência

Se sua referência for algum superior importante do seu antigo trabalho, ou quaisquer profissionais reconhecidos e populares em sua área de atuação.

Por exemplo, numa situação hipotética, digamos que você irá concorrer a uma vaga de emprego em uma companhia de teatro.

E, alguns anos antes, você havia trabalhado em uma peça de teatro com a Glória Pires, mantendo contato com essa atriz mesmo após o trabalho.

Nesse nosso exemplo, apesar de exagerado, a ideia é que você possa compreender que, um excelente profissional naquela área é a melhor opção de referência para o currículo.

Tendo isso em vista, sempre que puder adicionar alguém com essas características, vale muito a pena. 

Como escolher as referências para colocar no currículo?

Como escolher as referências para colocar no currículo?

Quantas referências colocar no currículo?

Como selecionar quais serão as referências que serão inseridas no seu currículo? 

Pode ser qualquer pessoa?

Bom, vamos responder a cada uma dessas perguntas. Primeiramente, iremos entender como fazer a escolha das referências para entrar no seu currículo. 

Certamente, você não pode escolher qualquer pessoa, de maneira aleatória, para falar bem de você e elogiá-lo. 

Pensando nisso, criamos um método que utiliza dois parâmetros, para que você possa aprender de uma vez por todas a saber como colocar referência profissional no currículo.

Parâmetro 1 – O nível de influência

O primeiro parâmetro é o nível de influência. 

A pessoa que você escolher precisa ter, minimamente, certa influência dentro do mercado de trabalho. 

Se a sua área é mercado financeiro, como uma pessoa que trabalha com arte poderia ser útil?

A sua referência precisa ser um indivíduo que possua certo capital social dentro da sua área de atuação. 

Capital social é o valor e/ou a influência que certa pessoa possui dentro da comunidade.

Assim, sujeitos com elevado capital social são as melhores indicações para serem inseridos no seu currículo.

Parâmetro 2 – A relação entre a referência e os detalhes em seu cv

Ademais, o segundo parâmetro que iremos destacar é a relação daquela referência com o seu currículo.

Um currículo considerado como ideal, é aquele na qual as informações conversam de maneira lógica entre si. 

Isso se traduz da seguinte forma: os elementos que forem destacados, ao longo do currículo, sobre você; é bom que a sua referência possa confirmá-los.

Por exemplo, digamos que você menciona em seu currículo que é uma pessoa habilidosa com o inglês e que consegue participar de entrevista com falantes nativos da língua inglesa. 

Idealmente, seria bom que a sua referência viesse como um reforço a essa ideia; uma ferramenta que poderá dizer “eu confirmo que tal pessoa realmente possui, tal habilidade”.

Claro, compreendemos que nem sempre isso é possível. Mas sempre que estiver ao seu alcance, não hesite em fazê-lo.

Quantas referências devo colocar em meu currículo

Em último, mas não menos importante, precisamos falar sobre quantas referências colocar no currículo.

Recomendamos que, se possível, coloque entre duas e quatro referências. Mas, se você tiver apenas uma referência, desde que ela seja boa, não há o menor problema. 

Como você vê, não existe uma grande rigidez com relação a quantas referências colocar no currículo

Como colocar referência no currículo: 2 pontos de destaque

Se você optar por colocar referência no currículo, saiba que precisará criar uma seção específica para isso. 

O currículo, a fim de garantir maior organização, é dividido em seções.

As principais, e mais conhecidas, são aquelas referentes ao ‘Perfil pessoal’, ‘Experiências profissionais’, ‘Histórico acadêmico’. 

1 – Você pode fazer uma seção: Referências profissionais

Assim, se quer saber como escrever as referências no currículo, comece separando um espacinho para essa seção.

Você pode nomeá-la de ‘Referências profissionais’. 

Em seguida, a próxima missão sua será colocar o nome daquela pessoa que será a referência.

Como o currículo é um documento formal, evite apelidos, abreviações. Coloque o nome completo da pessoa. 

2 – Descreva a função e a empresa da referência

Posteriormente, descreva a empresa e o cargo na qual essa pessoa trabalho. 

Seguidamente, é o momento de escrever, em poucas palavras, a relação que você instituiu com aquela pessoa. Basicamente, diga qual é a relação profissional entre vocês. 

Logo abaixo, você verá alguns exemplos de referência em currículo e isso ficará mais claro. 

Por último, coloque o contato daquela referência.

Além do e-mail, recomendamos que também coloque o telefone celular, haja vista que possibilita uma comunicação mais rápida e direta. 

Exemplos de referências para colocar no currículo

Exemplo 1 – modo geral de colocar referências no currículo de forma eficaz

Mariana Pereira da Silva, CEO da empresa XXX;

marianapereiradasilva@xxx.com; (XX) XXXX-XXXX.

Exemplo 2 – voltado principalmente para aqueles que procuram estágios

Oliveira Júnior Prado, coordenador do curso de Direito, da Universidade XXX;

oliveirajuniorprado@xxx.com; (XX) XXXX-XXXX.

3 dicas para colocar referências no currículo

1 – Selecione sensatamente

Faça uma lista de referências no currículo.

Você pode anotar em uma folha uma lista com várias opções de referências e, posteriormente, fazer a filtragem.

A lista de referências no currículo podem ser organizadas por ordem de importância e/ou cronológica (de acordo com o tempo em que vivenciou cada uma daquelas pessoas).

2 – Fale com suas referências

É bom que você entre em contato com cada uma das suas referências e informe-as da situação.

Assim, caso o recrutador contate-as, elas saberão exatamente o que falar e como te ajudar.

Você não precisa falar com toda a lista de referências no currículo, anterior a filtragem. 

Deixe para entrar em contato apenas com aquelas que realmente irá adicionar ao currículo.

3 – Referências acadêmicas também são referências para currículo

Como você deve ter observado nos exemplos de referência em currículo, adicionamos, no exemplo 2, uma referência exclusivamente pensada para os estagiários. 

Universitários que estão a procura do primeiro estágio, que nunca trabalharam antes, podem explorar as referências acadêmicas

Isso significa que, se você tiver um professor, um coordenador, ou até mesmo o reitor da universidade que pode te referenciar, faça isto. 

Carta de recomendação como referência

Sabia que você também pode explorar uma carta de recomendação no currículo?

A carta de recomendação no currículo também é um meio eficiente de, a sua referência, falar bem de você para o recrutador. 

Apesar de não ser uma ferramenta tão explorada, se a referência for alguém cuja agenda é muito cheia, de difícil acesso, a carta de recomendação no currículo poderá ajudá-lo muito. 

Essa carta pode ser escrita em folha avulsa ao currículo.

Peça para que a referência escreva um texto sucinto, mas objetivo, destacando suas características mais positivas, e os elementos os quais acredita que você poderá contribuir com a empresa. 

Conclusão

Neste artigo, você aprendeu todo o necessário para colocar referência no currículo

Além de visualizar alguns exemplos de referência em currículo, você também aprendeu como escrever as referências no currículo.

Entender como colocar referências pessoais no currículo é fundamental para que você possa explorar ao máximo o seu networking, ou seja, sua rede de contatos e influências. 

No mercado atual, tão importante quanto ser alguém estudado e competente, é ser alguém que possui referências, que participa de grupos sociais. 

Esperamos que tenha aprendido um pouco mais sobre como colocar referência no currículo.

Quando falamos no processo seletivo, toda ferramenta que puder explorar, é importante que o faça. 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You May Also Like