Cálculo Salário Líquido 2021

Calculadora De Salário Líquido

R$
R$
Seu Salário Líquido Mensal:R$ 0,00
Referência Valor
Salário Bruto - R$ 0,00
INSS 0.00% - R$ 0,00
IRRF 0.00% - R$ 0,00
Outros Descontos - - R$ 0,00
Totais R$ 0,00
- R$ 0,00
Salário Líquido: R$ 0,00

Como utilizar a calculadora de salário líquido?

1. Preencha seu salário bruto. *O salário mínimo é de R$1045

2. Preencha seus descontos fiscais opcionais

3. Preencha quantas pessoas dependem de você


Guia completo para você aprender como calcular salário líquido

Aprender como calcular salário líquido é fundamental para quem quer entender os descontos mensais da folha de pagamento.

Neste artigo preparamos um guia completo com exemplos práticos para você ter o controle da sua vida financeira. Vamos te mostrar as diferenças do salário líquido e bruto e de que forma são calculados os descontos como INSS e IRRF.

E no final, vamos usar um exemplo prático para ser aplicado de acordo com a sua realidade. É mais simples do que parece!

Acompanhe este post!

O que são os salários líquido e bruto?

O salário bruto ou salário base corresponde ao valor da remuneração mensal sem os descontos obrigatórios por lei aplicados. Mas o que seriam esses descontos obrigatórios por lei?

De acordo com as normas que regulam as relações individuais e coletivas de trabalho regido pela CLT – Consolidação das Leis do Trabalho, a remuneração mensal é o salário bruto acordado entre empregado e empregador especificado na carteira de trabalho.

Por outro lado, o salário líquido é o valor pago mensalmente ao trabalhador subtraído os descontos obrigatórios por lei. Este valor sempre é menor ao salário acordado porque nele já vem todos os descontos aplicados em folha.

Confira a partir de agora quais são esses descontos e como são calculados!

Quais descontos são aplicados na Folha de Pagamento?

Antes de aprender como calcular salário líquido, saiba que os principais descontos obrigatórios regidos pela CLT são os do INSS – Instituto Nacional do Seguro Social e os do IRRF – Imposto de Renda Retido na Fonte.

Entenda mais!

INSS (7,5% a 14%) – sobre salário bruto

O desconto do INSS resulta numa série de benefícios previdenciários como a aposentadoria, pensão por morte, auxílio doença e salário maternidade.

Em Janeiro de 2021, a Reforma Previdenciária criou um novo cálculo que influencia na variação de todas as alíquotas. Os descontos variam de 7,5% para quem recebe o piso (um salário mínimo), até 14% para quem recebe o teto (a partir de 6.433,57).

desconto do INSS vai depender da faixa salarial do trabalhador,considerando o salário mínimo atual de R$ 1.100,00, acompanhe a tabela a seguir e entenda quando a variação da porcentagem é aplicada:

Salário para base de cálculo (faixa salarial) Desconto
Para até um salário mínimo R$1.100,00 7,5%
Para salários entre R$ 1.100,01 e R$ 2.203,48 9%
Para salários entre R$ 2.203,49 e R$ 3.305,22 12%
Para salários entre R$ 3.305,23 e R$ 6.433,57 14%

De acordo com o cálculo, quem recebe R$ 1.100,00 (um salário mínimo), por exemplo, será descontado 7,5% no holerite que corresponde a R$ 82,50.

Por outro lado, se o salário atinge a terceira linha da nossa tabela (entre R$ 2.203,49 e R$ 3.305,22), o cálculo é realizado até alcançar os 12% correspondentes a esta faixa salarial.

As taxas são progressivas, veja neste exemplo de cálculo:

Salário: R$ 2.300,00 = 3° Faixa salarial com desconto de 12%

  • 1° Faixa salarial com desconto de 7,5% = R$ 1.100 x 0,075 = R$ 82,50
  • 2° Faixa salarial com desconto de 9% = (R$ 2.203,48 – R$1.100,00) = R$ 1103,48 x 0,9% = R$ 99,31
  • 3° Faixa salarial com desconto de 12% = (R$ 2.300 – R$ 2.203,48) = R$ 96,52 x 0,12 = R$ 11,58

Total a recolher = R$ 82,50 + R$ 99,31 + R$ 11,58 = R$ 193,39

Confira aqui a alíquota efetiva nos salários com o novo reajuste. Os cálculos foram feitos pelo Ieprev (Instituto de Estudos Previdenciários).

Portanto, o salário bruto de R$ 2.300,00 com o desconto do INSS de R$ 193,39 é de R$ 2.106,61

A base de cálculo para o IRRF ocorre após o desconto do INSS, desta forma, o salário bruto para base de cálculo a seguir é de R$ 2.106,61

IRRF – Imposto de Renda Retido na Fonte

O IRRF é um desconto antecipado do Imposto de Renda cobrado pela Receita Federal de todo trabalhador com carteira assinada.

Assim como o INSS, o IRRF é obrigatório e varia de acordo com a faixa salarial do trabalhador.

Neste caso há dois fatores importantes. Primeiro, a base de cálculo para o desconto do IRRF é sobre o valor bruto do salário quando já houve o desconto do INSS, conforme mencionado há pouco. O segundo fator é a isenção.

Quando ocorre a isenção e a base de cálculo para o desconto do IRRF?

São isentos de imposto de renda trabalhadores que recebem até R$ 1.903,98. A partir deste valor, a alíquota varia de 7,5% a 27,5% sobre a base de cálculo. Confira a tabela:

Salários bruto para base de cálculo Valor da alíquota Valor a deduzir
Até 1.903,98 Isento do IRRF R$ 0,00
Entre 1.903,98 e 2.826,65 7,5% R$ 142,80
Entre 2.826,65 e 3.751,05 15% R$ 354,80
Entre 3.751,05 e 4.664,68 22,5% R$ 636,13
Acima de 4.664,68 27,5% R$ 869,36

De acordo com o nosso exemplo acima, quem recebe R$ 2.300,00 terá o desconto de 12% do INSS e o salário para a base de cálculo do IRRF é de R$ 2.106,61.

Se base de cálculo para o IRRF ocorre após o desconto do INSS, e o valor do salário for inferior a R$ 1.903,98, conforme a tabela acima, o trabalhador fica isento do IRRF.

Além da alíquota para a base de cálculo, existe uma dedução de R$ 189,59 para cada dependente declarado pelo trabalhador. Para calcular salário líquido, veja como fica nos dois casos, com ou sem dependente.

IRRF sem dependente

Seguindo com o exemplo anterior, vamos aplicar o salário com o desconto do INSS de R$ 2.106,61

  • De acordo com a tabela com a base de cálculo do IRRF, neste valor é aplicado uma alíquota de 7,5%, o desconto sem dependente é de:

R$ 2.106,61 x 0,075 = R$157,99

  • Agora temos que aplicar o valor da dedução que de acordo com a tabela é de: R$ 142,80

R$157,99 – R$ 142,80 = R$ 15,19

  • Agora aplicamos o seguinte cálculo para chegar no salário líquido:

R$ 2.106,61 – R$ 15,19 = R$ 2.091,42

Até aqui e de acordo com o nosso exemplo, um salário bruto: R$ 2.300,00, aplicados os descontos do INSS e IRRF, chegamos a um salário líquido de R$ 2.091,42

IRRF com 1 dependente

No caso de um trabalhador com ao menos um dependente declarado (um filho ou cônjuge), o valor a deduzir será de R$ 189,59

  • Veja como fica o cálculo:

R$ 2.106,61 – R$ 189,59 = R$ 1.917,02

  • A partir deste valor, calculamos a alíquota e a dedução de acordo com a tabela e igualmente conforme acima:

R$ 1.917,02 x 0,075 = R$ 143,77

  • Vamos aplicar o valor da dedução que de acordo com a tabela é de: R$ 142,80

R$ 143,77 – R$ 142,80 = R$ 0,97

  • Agora aplicamos o seguinte cálculo para chegar no salário líquido:

R$ 2.106,61 – R$ 0,97 = R$ 2.105,64

Quais outros descontos do salário líquido podem ter?

Além do INSS e do IRRF, podem haver outros descontos como:

  • Plano de saúde
  • Plano Odontológico
  • Vale Transporte (até 6% do salário bruto)
  • Empréstimos

No caso do VT, veja como fica de acordo com um salário bruto de R$ 2.300,00.

R$ 2.300,00 x 0,06 = R$ 138,00

Todos os outros descontos devem ser subtraídos do salário bruto.

Como calcular salário líquido na prática sem dependente.

Vamos a um exemplo prático de um salário bruto de R$ 2.300,00

  • Depois do desconto de 12% do INSS que representa R$ 193,89 o salário para a base de cálculo do IRRF é de R$ 2.106,61.
  • De acordo com a tabela da alíquota do IRRF de 7,5% onde o valor é de R$157,99. Deste valor é preciso deduzir R$ 142,80 (valor sem dependente)

Entenda mais:

  • Desconto INSS: R$ 193,89
  • Desconto IRRF: R$ 15,19
  • Desconto VT: R$ 138,00
Salário Bruto:  R$ 2.300,00
R$ 2.300,00 R$ 347,08
Salário Líquido R$ 1.952,92

Conclusão

Neste artigo você conferiu que para calcular salário líquido, primeiro é necessário aplicar todos os descontos. Como os do INSS, IRRF e os demais descontos como Vale Transporte ou qualquer outro benefício acordado.

Parece um pouco complicado, mas na verdade é sim complicado! Porque os valores das tabelas sofrem alterações ao longo do tempo.

E essas alterações refletem na sua folha de pagamento. Por isso é importante entendê-la!

Por fim, você aprendeu a calcular na prática, mas você sabia que existem calculadoras online que fazem tudo isso por você? Basta inserir o valor bruto que o líquido fica por conta da automatização do sistema.

Gostou? Então confira como ela funciona na prática também! ↑